Testes de Covid-19 podem ser consultados em um portal no Panamá

A pandemia de Covid-19 levou os diferentes governos da região a aumentarem suas opções para digitalizar diferentes serviços. Procedimentos online, cobrança de impostos, serviços de saúde, as autoridades procuraram melhorar as condições da população através das tecnologias de informação e comunicação (TIC).

No caso do Panamá, a Autoridade Nacional de Inovação Governamental (AIG) disponibilizou um novo meio para os cidadãos consultarem os resultados de seu teste Covid-19. Esta informação está disponível no Panamá Digital.

Os cidadãos que desejam acessar o resultado do teste de Covid-19 devem acessar www.panamadigital.gob.pa, clicar na seção de vacinação e procurar a opção ÚLTIMO TESTE de COVID-19, localizada sob o código QR. Além disso, o portal permite que os procedimentos governamentais sejam realizados online por meio de uma plataforma digital, o que desburocratiza, facilita as operações comerciais e melhora a competitividade do país.

Para entrar no portal, o cidadão deve se cadastrar com o CPF para ter acesso à informação, aos requisitos para os procedimentos e link para os portais das entidades do Estado. Até o momento, foram registradas 1.343.877 pessoas e realizados 1.516.384 procedimentos.

Entre os outros procedimentos que a página disponibiliza estão o Pedido de Candidatura ao Programa de Oportunidades Bancárias da Autoridade para as Micro, Pequenas e Médias Empresas; o Pedido de Registo Policial da Direção de Investigação Judicial da Polícia Nacional; o Registro de Operador Turístico e Hotéis destinados ao projeto de vacinação para turistas da Autoridade de Turismo do Panamá.

A iniciativa agrega, assim, o acesso à informações importantes para os habitantes, disponibilizando dados sobre sua saúde de forma rápida e sem a necessidade de circulação, evitando também que o vírus se espalhe rapidamente pelo país. Assim sendo, as TIC aparecem como uma eficiente ferramenta auxiliar das políticas de saúde adotadas pelas autoridades.

No entanto, para que essas iniciativas tenham uma evolução positiva na sociedade, é importante que as autoridades panamenhas trabalhem para aumentar o acesso à banda larga por parte da população. É importante criar condições para que o mercado aumente a oferta tecnológica existente, melhorando as opções de conexão da população.

As tecnologias de banda larga móvel apresentam-se como as mais indicadas para aumentar o acesso à internet da população. Tecnologias como a LTE e, no futuro, a 5G, permitirão que uma maior parcela dos habitantes tenha acesso, pois devido às suas condições podem cobrir grandes porções do território.

Por isso, é fundamental que as políticas sejam implementadas para que as operadoras de telecomunicações tenham acesso a maiores porções do espectro radioelétrico. Também é importante criar uma agenda com futuros leilões de espectro para que as operadoras possam planejar com eficiência o desenvolvimento de novas tecnologias.

Também é necessário que existam políticas que diminuam os entraves burocráticos que pesam sobre a implantação das redes de telecomunicações. A geração de uma lei única que reúna as demandas dos diversos órgãos do Estado é essencial para a organização do setor. Assim como a criação de uma janela única para procedimentos.

Como pode ser visto, a iniciativa proposta pela AIG do Panamá se apresenta como uma ferramenta destinada a melhorar as condições de vida de seus habitantes durante a pandemia. No entanto, precisa ser acompanhada de outras políticas que busquem ampliar o acesso à banda larga no mercado.