SITUAÇÃO DAS FAIXAS DE 600 MHZ E 700 MHZ NA AMÉRICA LATINA

Os serviços móveis da América Latina evoluíram muito nos últimos dez anos. A viabilidade do ecossistema digital e as novas indústrias que acaba criando depende de uma característica tão invisível quanto é essencial: o espectro de rádio.

A alocação de espectro para serviços móveis torna-se um requisito fundamental para o desenvolvimento dos mercados. As faixas descritas neste white paper – de 600 MHz e 700 Mhz –  vêm do chamado dividendo digital. (Baixe aqui)