Serviços móveis auxiliam a agricultura no Peru

Os diferentes setores da economia regularmente incorporam as Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) com o objetivo de melhorar seu desempenho, práticas que por sua vez resultam em mais benefícios para a maioria da população. Entre os diferentes setores da sociedade que podem incorporar essas tecnologias com estas finalidades está a Agricultura.

Por meio da iniciativa do Datero Agrário, desenvolvida pelo Ministério da Agricultura do Peru (MINAGRI), é possível realizar pesquisas sobre diferentes temas relacionados ao setor. O Usuário pode acessá-la por meio de telefones móveis e verificar o preço médio de produtos agropecuários comercializados nos principais mercados de Lima e de mais 26 cidades importantes do país.

Para ter acesso à informação, os produtores devem realizar uma chamada para *243#.

Lançada em junho de 2015, o objetivo inicial da aplicação era beneficiar mais de 1,7 milhão de produtores agrícolas que possuem um dispositivo móvel no Peru. Graças à isso, os agricultores podem ter acesso aos preços que seus produtos são negociados em diferentes mercados do país e aumentar assim sua capacidade de negociação. A rede de telefonia móvel cumpre um papel decisivo no acesso à informação de cada um dos agricultores peruanos.

O funcionamento do serviço é simples, uma vez que o produtor realiza a chamada, deve digitar o nome do produto, variedade, tipo, qualidade do mesmo e da cidade onde quer saber o preço de venda. Ao mesmo tempo, a aplicação informa o preço que o produto é comercializado e oferece a oportunidade de receber essa informação por um SMS gratuito.

A aplicação também conta um vocabulário preditivo, que é atualizada constantemente o que auxilia nas consultas dos produtos. A informação está disponível em qualquer área de cobertura em que o agricultor possa realizar uma chamada de voz e outra vantagem é que o usuário não precisa ter crédito para realizar a chamada, além do sistema não impor um limite de consultas.

Os mercados que podem acessar as informações são as cidades de: Lima, Tumbes, Piura, Chiclayo, Trujillo, Huaraz, Ica, Arequipa, Moquegua, Tacna, Cajamarca, Chachapoyas, Huanuco, Cerro de Pasco, Huancayo, Huancavelica , Ayacucho, Abancay, Cusco, Puno, Iquitos, Tarapoto, Pucallpa, Puerto Maldonado, Andahuaylas, Jaen e Chota. No caso de Lima, oferece-se acesso gratuito ao preço médio de atacado dos produtos vendidos diariamente no Gran Mercado Mayorista de Lima, Mercado Mayorista de Frutas N°2 e Mercado de Productores de Santa Anita.

Os preços de todos os produtos agrícolas em Lima estão disponíveis de segunda a sexta-feira a partir das 7h30. O preço dos produtos agro-industriais no mesmo mercado estão disponíveis a partir das 10h30 horas. Os preços de outras cidades do mercado são levantados todas as segundas, quartas e sextas-feiras, e os preços são válidos por dois dias.

O *243# também fornece informações de um total de 165 produtos divididos por variedade, qualidade ou tipo. Entre eles estão: acelga, pimentão, alho, manjericão, alcachofra, aipo, arroz, ervilhas, berinjela, beterraba, Caigua, batata-doce, cebola, creme de maçã, milho, ameixa, coco, couve, couve-flor, coentro, aspargo, espinafre, morango, feijão, maracujá, goiaba, feijão, figos, alface, limão, lúcuma, milho roxo, tangerina, manga, maçã, costa maracujá, pêssego, melão, marmelo, nabo, laranja, nêspera, olluco, Pacae, feijão, abacate, batata, mamão, pepino, pepino, pera, pimenta, abacaxi, banana, frango, alho-porro, quinoa, rabanete, melancia, tomate, uva, pera, uva, feijão de corda, mandioca, cenoura, squash.

Desde o seu lançamento até agora, o El Datero Agrario usa USSD (Unstructured Supplementary Service Data) transmite informações através de redes GSM. O uso desta tecnologia permite o acesso a qualquer dispositivo móvel, desde o mais básico até um smartphone. No entanto, a inclusão de aplicações que utilizam tecnologias de banda larga sem fio permitiria à MINAGRI contar com mais opções para os produtores agrícolas.

O desenvolvimento de um aplicativo para mobile broadband é importante se considerarmos que, de acordo com o índice de 5G Americas, a penetração LTE na América Latina no primeiro trimestre de 2016 no mercado móvel no Peru apresentava mais de 14% dessa tecnologia. Esta penetração no mercado está acima da média para a região. A proliferação destes serviços é importante para fomentar aplicações mais sofisticadas e com maior quantidade e qualidade de informação para os agricultores.

Neste sentido, embora a política desenvolvida pelo MINAGRI seja importante para fortalecer o setor agrícola, deve-se ter uma contrapartida no setor das telecomunicações, a fim de estender a conectividade para todo o mercado. Portanto, é importante que o governo do Peru fomente o crescimento das redes de telecomunicações e facilite o acesso à dispositivos móveis, principalmente em áreas rurais onde estão a maioria dos agricultores.

Neste contexto, a aplicação Datero Agrario é apresentada como uma alternativa em que as TICs podem aumentar a performance da agricultura no Peru. Contudo, é preciso uma versão mais sofisticada, permitindo maior fluxo e qualidade de informação aos agricultores, para, assim, aumentar ainda mais a atividade.

0 comments on “Serviços móveis auxiliam a agricultura no Peru

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.