Secretaria de Trânsito da Paraíba presta serviço por correio

O desenvolvimento da digitalização da sociedade também exige que os governos aumentem o acesso à tecnologia. Nesse sentido, o desenvolvimento do conceito de Governo Eletrônico também permite que outros setores sejam estimulados a melhorar a adoção digital.

Nesse sentido, a Secretaria de Estado de Trânsito da Paraíba lançou um novo canal de atendimento à população por meio de serviço de mensagens móveis. Para isso, disponibilizou dois números de WhatsApp para que os usuários sejam orientados sobre os processos relativos aos automóveis e a Carteira Nacional de Habilitação.

Cada número responde a um dos procedimentos específicos. Porém, ambos se limitam a responder por mensagem de texto por meio de um bot, ou seja, não é possível entrar em contato por meio de ligações.

A Secretaria de Estado de Trânsito enfatiza que o atendimento por esse meio é realizado exclusivamente de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h30. O objetivo das autoridades com o desenvolvimento desses serviços é orientar e facilitar o acesso aos cidadãos.

Dessa forma, busca gerar um novo canal de atendimento, no sentido de orientar os motoristas, esclarecendo a necessidade de agendamento de determinados serviços. Para agilizar o atendimento aos cidadãos.

O governo da Paraíba dá início a um avanço na digitalização de seus processos de atendimento. É uma abordagem que serve para melhorar os canais de comunicação com uma alternativa familiar que facilita o seu sucesso e adoção.

No entanto, para implementar esta iniciativa de forma eficiente é importante que haja uma contrapartida no acesso aos serviços móveis. Ou seja, as autoridades brasileiras devem redobrar seus esforços para que os cidadãos possam ter acesso à banda larga móvel e assim se relacionarem melhor com as ferramentas disponibilizadas pelo Estado.

O desenvolvimento de tecnologias como LTE e, no futuro, 5G, nos permite oferecer acesso a dados em alta velocidade. Da mesma forma, permitem chegar a áreas rurais e distantes dos grandes centros urbanos, onde um grande número de dispositivos podem ser conectados simultaneamente.

Por esta razão, as autoridades nacionais devem trabalhar para aumentar o acesso à banda larga móvel. Em particular, oferecendo porções maiores do espectro de rádio para a indústria de telecomunicações. Bem como a geração de agendas para futuras licitações de espectro que permita às operadoras planejarem com eficiência a implantação de novas redes.

Na mesma linha, é recomendável a criação de políticas que busquem reduzir as barreiras burocráticas existentes na implantação de novas redes de telecomunicações. A criação de um diretriz única que permita às operadoras conhecerem as demandas dos diferentes setores do Estado, bem como um trâmite único que permite às operadoras apresentarem todas as licenças necessárias de uma só vez.

Outra medida recomendada para aumentar a penetração dos serviços de banda larga móvel é a redução da carga tributária sobre terminais de acesso e componentes de rede. No primeiro caso, serve para tornar o acesso da população aos smartphones mais acessível. Enquanto os componentes de rede mais baratos permitem que as operadoras tenham maiores facilidades na instalação de novas redes.

O desenvolvimento dos serviços de atenção à população implantados pelo governo sergipano se apresenta como uma alternativa interessante para melhorar as relações com os cidadãos. No entanto, devem ser acompanhados de maiores incentivos para a adoção de serviços móveis em todo o território nacional.