Secretaria da Agricultura do México aposta na inclusão de Apps no setor

A inclusão das Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) no setor da agricultura alcança diferentes variantes, desde a implementação de sensores de rega e dispositivos conectados, até instrumentação de maquinaria complexa. Dentro desse universo encontram-se as aplicações móveis, soluções que podem ser desenvolvidas por empreendedores privados e que possuem alcance massivo.

Neste sentido, o Ministério da Agricultura, Pecuária, Desenvolvimento Rural, Pesca e Alimentação (SAGARPA) do México promove o uso da tecnologia através de aplicativos para dispositivos móveis (ou Apps) neste setor. O objetivo do programa é construir uma cadeia de valor que permita ao setor transcender a nível global, em paralelo buscar que os jovens empreendam experiencias em uma área que permita seu desenvolvimento pessoal colaborando com o desenvolvimento da agricultura mexicana.

Existem diferentes temáticas das quais a SAGARPA estabelece o desenvolvimento destas aplicações. Algumas delas são as relacionadas com os Mercados, onde busca-se gerar um serviço global que permite aos produtores comercializar seus produtos agropecuários com compradores de mercados nacionais e internacionais. Assim, busca abrir as fronteiras do comercio agropecuário, realizar negócios a nível local, regional e global potencializando as vendas.

Outra das temáticas é a de Apoio. Nelas, os produtores podem consultar as regras de operação estabelecidas pela secretaria de cada ano. Além disso, permite que os produtores reconheçam os requisitos necessários para acessar o suporte em infraestrutura, treinamento, pacotes tecnológicos e inovação, entre outros.

Tanto que a terceira das temáticas que ressaltar a SAGARPA é a do Produzir, que permite aos agricultores obter informação detalhada para conhecer o potencial produtivo do campo que possui, assim como de todos os campos nacionais. Neste sentido, possibilita que os agricultores conheçam o que devem produzir, o que devem semear, entre outras informações relevantes.

Desta forma, a SAGARPA facilita para o setor uma série de aplicativos destinados a potencializar a produtividade e comercialização de seus produtos. Estas aplicações tem um grande valor para os agricultores e pecuaristas, já que lhes proporciona informação critica para potencializar seu crescimento e, por conseguinte, o do setor.

Para que estas iniciativas tenham um desempenho positivo no mercado, é importante que os setores rurais possam contar com acesso aos serviços móveis e de banda larga sem fio. É relevante ressaltar que para 2017, no país, 72,2% da população de seis anos ou mais utiliza o telefone celular segundo a Secretaria de Comunicação e Transporte. Assim, oito de cada dez dispõem de celular inteligente, com o qual podem conecta-se à internet. De acordo com esse mesmo órgão, do total de usuários de telefones inteligentes, cerca de 36,4 milhões instalaram aplicativos em seus telefones, principalmente destinados a mensagens e redes sociais.

Embora estes números marquem uma tendência positiva na adoção de serviços de banda larga móvel no mercado, ainda é necessário que se aumentem as condições de conectividade no mercado. Neste sentido, qualquer esforço desenvolvido pelas autoridades que busque potencializar o crescimento dos serviços de banda larga móvel é positivo para aumentar os benefícios da adoção de tecnologias na agricultura.

Uma das medidas necessária é aumentar a disponibilidade de espectro radioelétrico para serviços de banda larga móvel. A possibilidade de que a indústria de telecomunicações, e em particular de banda larga móvel, possa contar com maior quantidade de espectro permitirá um melhor desenvolvimento de tecnologias de acesso de alta velocidade e robustas como a LTE.

Por sua vez é importante que se flexibilizem as medidas para a construção de redes de telecomunicações. Ou seja, que exista coerência entre as demandas dos diferentes municípios no momento de desenvolver antenas de acesso e outras infraestruturas necessárias para melhorar a cobertura de serviços. Assim, esta política permitirá que a indústria possa planejar seus desenvolvimentos de maneira mais eficiente.

Nessa mesma linha, é importante que se reduzam os impostos sobre os dispositivos de acesso e componentes de redes de telecomunicações. No primeiro caso, esta medida tornará mais acessível os smartphones, potencializando a oportunidade dos habitantes a acessar estes terminais. Enquanto que no segundo caso, permitirá que as operadoras tenham menores custos no momento der desenvolver suas redes, situação que resulta em menores preços de serviço para o usuário final.

Como pode-se observar, a iniciativa da SAGARPA é de grande importância para estimular o uso das TIC, em particular os serviços móveis, no setor da agricultura. No entanto, é necessário que esteja apoiada por uma política de adoção das TIC no setor rural, para que sua implementação seja efetiva e mostre resultados positivos.

0 comments on “Secretaria da Agricultura do México aposta na inclusão de Apps no setor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.