República Dominicana implanta o programa Transformação de Docentes 4.0

A educação é parte de uma das estratégias mais importantes que os países devem implementar para ingressar na economia digital. Preparar educadores para trabalhar com as novas gerações e sua relação com o mundo digital é um esforço necessário que os governos da América Latina e do Caribe devem perseguir.

Nesse sentido, o Governo Dominicano, por meio do Instituto Nacional de Capacitação Técnica Profissional (INFOTEP), lançou o programa Ensino Transformação 4.0. Este projeto visa alcançar uma evolução para facilitar as demandas da sociedade e as exigências da indústria 4.0.

A iniciativa possui um programa composto por dois diplomas: uma atualização técnica e um programa de certificação internacional. Desta forma, mais de 4 mil professores, conselheiros de formação, consultores de negócios, técnicos de formação de professores e conselheiros de professores procuram gerar um novo perfil de docente relacionado com a qualidade dos processos de ensino e aprendizagem.

O objetivo é contar com professores com capacitação condizente com os avanços tecnológicos. Para cumprir este objetivo, é imprescindível que tenham um excelente domínio da metodologia de aprendizagem virtual, domínio de realidade aumentada e simuladores virtuais. Além da capacidade de criação de conteúdos virtuais e audiovisuais.

Ademais, busca incutir habilidades pedagógicas e andragógicas atualizadas e vanguardistas, fundamentalmente baseadas nas novas tecnologias, bem como no domínio das habilidades de pensamento crítico, criatividade, colaboração, comunicação, entre outras.

A iniciativa é coordenada pela Diretoria de Inovação e Desenvolvimento do INFOTEP. O programa consistirá nos seguintes treinamentos: Diploma em transformação de professores 4.0, com foco em 3 mil professores em todo o país; e o Diploma em Supervisão 4.0, dirigido a 200 conselheiros de formação, conselheiros de negócios, técnicos de formação de professores e conselheiros de professores.

Esses treinamentos visam contribuir para o aprimoramento das competências do corpo docente e de todas as pessoas envolvidas nos processos de ensino e aprendizagem. Procura também proporcionar condições para enfrentar com êxito os desafios que se colocam na formação profissional técnica baseadas em ensino.

Assim, o programa Teaching Transformation 4.0 faz parte de um plano maior denominado Transformation 4.0 que envolve aspectos curriculares e empresariais. A parte docente ficará a cargo da Direção de Inovação e Desenvolvimento, enquanto a Transformação Curricular 4.0, estará sob a tutela da Direção de Formação Profissional e a Transformação Empresarial 4.0, será liderada pela Direção de Competitividade Empresarial.

No entanto, estas iniciativas devem ser apoiadas por outras que procurem aumentar o acesso à banda larga no mercado, para que, desta forma, professores e alunos possam explorar as competências digitais adquiridas em seu cotidiano. Aumentar a conectividade de banda larga é de suma importância para impulsionar o investimento feito na formação de professores.

Em particular as tecnologias de banda larga móvel, que pelas suas características permitem levar acesso às zonas rurais e distantes dos grandes centros urbanos. Por meio de tecnologias como LTE e 5G, serviços robustos de acesso de alta velocidade podem ser oferecidos.

Para promover este tipo de acesso em banda larga móvel, é importante que as autoridades disponibilizem maior parte do espectro radioeléctrico às operadoras de telecomunicações. Bem como a geração de uma agenda para futuras licitações de espectro que permita à indústria planejar com eficiência a implantação de novas redes.

A iniciativa da República Dominicana é importante para os novos desafios da economia global. No entanto, deve ser acompanhada por outras iniciativas que permitam aumentar o acesso à banda larga móvel no mercado.