Peru distribui benefícios fiscais para empresas inovadoras de TIC durante 2021

O desenvolvimento de uma economia digital é um caminho que a maioria dos países latino-americanos está percorrendo. O objetivo é fazer com que as empresas nacionais adotem tecnologias para aprimorar seu potencial, até mesmo internacionalmente.

Nesse sentido, a Concytec do Peru lançou a campanha 2021 de Benefícios Fiscais “Empresas inovadoras de I+D+i  do Bicentenário”. O programa foi desenvolvido a partir de projetos de Pesquisa Científica, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação Tecnológica (I+D+i, em espanhol) de empresas peruanas.

O objetivo da campanha é incentivar as empresas peruanas a inscreverem seus projetos de Pesquisa Científica, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação Tecnológica para obtenção de benefícios fiscais. Dessa forma, as organizações que se inscreverem contarão com redução do Imposto de Renda na Declaração Anual de Imposto de Renda, por meio de uma despesa dedutível de até 115%, além do valor do projeto, receberão também o reconhecimento pela inovação e promoção do desenvolvimento do país.

A iniciativa conta com mais de 70 empresas reconhecidas que criaram mais de 90 projetos classificados como I+D+i . Essas organizações terão direito a um benefício fiscal pelo investimento realizado, além de serem reconhecidas pelo nível de excelência em inovação e contribuição para o crescimento do país.

Nesta nova iniciativa, foram preparadas uma série de atividades, como palestras sobre cases de sucesso de empresas, assessoria personalizada, vídeos e gráficos explicativos, novos canais de comunicação e workshops com parceiros estratégicos do setor público e privado.

A iniciativa se apresenta como uma grande ajuda para impulsionar a economia digital no mercado peruano. Os incentivos fiscais estão entre as melhores práticas internacionais para promover a adoção de tecnologia nas empresas. Mas essa estratégia deve ser reforçada por políticas que busquem aumentar o acesso à banda larga no mercado.

Nesse sentido, pelas suas características, a banda larga móvel permite ampliar o acesso da população de forma simples e rápida. Tecnologias como LTE e 5G permitirão oferecer acessos robustos e de alta velocidade, adicionalmente com o desenvolvimento da 5G será possível que tecnologias como a Internet das Coisas (IoT) ou Inteligência Artificial (IA) sejam incorporadas para aumentar a produtividade.

Para promover essas tecnologias, é importante que as autoridades peruanas disponibilizem porções maiores do espectro de rádio para a indústria de telecomunicações, em particular a 5G, a tecnologia exigirá bandas baixas, médias e altas para se desenvolver com eficiência. Da mesma forma, torna-se necessária a geração de uma agenda com futuras licitações de espectro para que as operadoras possam planejar com eficiência a instalação de redes.

É importante que as autoridades reduzam a carga tributária que incide sobre o mercado de implantação de redes de telecomunicações. É de extrema importância a geração de uma diretriz única que reúna todas as demandas do Estado. É importante destacar que, neste sentido, o mercado peruano conta com uma política de trâmite único, que promove o desenvolvimento de novas redes.

Também é importante que a carga tributária sobre o setor de telecomunicações seja reduzida. Tanto para os componentes da rede quanto para os terminais de acesso, ambas as estratégias resultam em um serviço mais acessível para a população.

Como pode ser visto, o desenvolvimento de políticas que estimulam a adoção de tecnologia são muito positivas para que o Peru avance no desenvolvimento de uma economia digital. Essa iniciativa deve vir acompanhada por outras que visem aumentar o acesso à banda larga móvel no mercado.