O portal de compras públicas argentino, COMPRAR, renova sua plataforma

O desenvolvimento de medidas que buscam tornar o funcionamento dos governos mais transparente é positivo em diversos âmbitos para um país. Nesse contexto, as tecnologias da informação e comunicação (TIC) se apresentam como uma solução para implementar estratégias que possam melhorar a relação entre o público e as autoridades por meio do governo eletrônico.

Nesse sentido, a Direção Nacional de Sistemas para Contratação de Bens e Serviços e Obras Públicas da Argentina, pertencente à Secretaria de Inovação Pública, deu um salto significativo na melhoria da plataforma COMPRAR. Esta renovação tem como objetivo principal fornecer um serviço mais eficiente e satisfatório para órgãos públicos, fornecedores e a população em geral. Através de melhorias no design, na navegação e na funcionalidade, busca-se otimizar a experiência do usuário e agilizar os processos de compras no setor público.

O sistema COMPRAR, que centraliza os processos de compras da Administração Pública, passou por uma transformação completa. Um dos aspectos mais notáveis foi a reforma do design visual da plataforma, que trouxe uma nova aparência aos sistemas envolvidos no processo. Além disso, trabalhou-se na otimização de suas funções operacionais, garantindo que os usuários possam realizar suas ações de forma mais eficaz.

Uma das preocupações centrais durante esse processo foi a acessibilidade. A plataforma implementou melhorias significativas nesse aspecto, facilitando o acesso à informação para todos os usuários, incluindo aqueles com necessidades especiais. Isso representa um grande avanço em termos de inclusão e democratização dos processos de compras no setor público.

Com um histórico impressionante, o sistema COMPRAR já provou seu valor, sendo utilizado por 121 órgãos da Administração Pública Nacional. Desde sua implementação, iniciou mais de 100.000 processos de compra, destacando sua importância no cenário de aquisições governamentais. Em 2023, a plataforma já deu início a mais de 8.000 novos processos, destacando seu papel contínuo na gestão de compras governamentais.

A renovação do sistema COMPRAR é um claro indicador do compromisso da Direção Nacional de Sistemas para Contratação de Bens e Serviços e Obras Públicas com a constante melhoria dos serviços públicos. Essa otimização beneficia não apenas os órgãos públicos e fornecedores, mas também a população em geral, garantindo uma experiência mais fluida, eficiente e inclusiva nos processos de compras do governo.

Nesse contexto, tecnologias como a LTE e a 5G possibilitam a oferta de serviços de alta velocidade e confiabilidade na transmissão de dados, o que permite que uma parcela maior da população tenha acesso a essas informações, melhorando a transparência das autoridades. Para promover a adoção desses serviços de banda larga móvel, é essencial que as autoridades aloquem mais espectro radioelétrico para a indústria de telecomunicações. Além disso, é necessário estabelecer uma agenda que contemple futuros leilões de espectro, fornecendo previsibilidade aos provedores de serviços.

Também é imperativo que as autoridades reduzam as barreiras burocráticas que dificultam a expansão das redes de comunicação. A formulação de uma lei que englobe as necessidades do Estado e a implementação de uma abordagem de janela única de trâmites são medidas cruciais que estão alinhadas com as práticas eficazes internacionalmente. Essas ações simplificam as operações dos fornecedores.

A iniciativa COMPRAR é de grande importância para que os cidadãos da Argentina possam entender de forma mais precisa como as autoridades adquirem bens e serviços para o Estado. No entanto, é igualmente necessário que haja acesso à banda larga móvel para que a população possa ter acesso a esses dados.