O Paraguai está trabalhando na modernização dos serviços públicos

Entre os diferentes benefícios que as tecnologias da informação e comunicação (TIC) proporcionam aos Estados, estão aqueles relacionados à modernização na prestação de serviços públicos, sendo este um ponto crucial que enfrenta os desafios da nova revolução digital. Nesse sentido, o Ministério de Tecnologias da Informação e Comunicação (MITIC) do Paraguai implementou, para a facilidade de seus cidadãos, o certificado eletrônico internacional de vacinação, por meio do Portal Paraguay. Este site permite que o cidadão gerencie seus documentos de qualquer dispositivo com conexão à internet, evitando filas longas e demoradas.

A iniciativa possibilita o acesso a este e outros procedimentos que o cidadão possa precisar apenas com sua identidade eletrônica e o acesso ao Portal. O Certificado eletrônico internacional de vacinação é um documento gratuito e tem a mesma validade legal que o formato impresso, simplificando a interação e os tempos de espera para o requerente.

A disponibilidade deste certificado eletrônico representa um avanço significativo na modernização dos serviços públicos no Paraguai. Abre portas para fácil acesso aos cidadãos e diversos documentos importantes que podem ser necessários para vários procedimentos, como contratos de trabalho, matrícula em instituições educacionais ou obtenção de outros documentos.

Nesse sentido, o governo também estará trabalhando em várias áreas, como saúde, segurança, educação e economia, buscando utilizar a tecnologia para reduzir as esperas e melhorar o atendimento, fortalecer a segurança interna e nacional e agilizar os procedimentos para promover o investimento empresarial e a criação de empregos. Sempre em busca do bem-estar dos cidadãos e alcançando a digitalização e modernização dos setores.

Entre as ações que podem ser realizadas estão a digitalização dos processos, a geração de políticas públicas conjuntas entre diferentes órgãos, a implementação de acordos, o aumento da autonomia e o aprimoramento de diversas ações governamentais.

No entanto, para que estas informações possam ser aproveitadas pela população, é necessário que as autoridades trabalhem em políticas que visem aumentar o acesso à banda larga. Particularmente em serviços móveis que, por suas características, possibilitam o desdobramento em áreas rurais e distantes dos grandes centros urbanos.

Especialmente com o uso de tecnologias como LTE e 5G, que possibilitam o acesso de alta velocidade e dados robustos a uma maior porção da população. Também é necessário disponibilizar à indústria de telecomunicações maiores porções de espectro radioelétrico. Da mesma forma, é importante gerar agendas com futuros leilões de espectro, que permitam as operadoras planejar de forma eficiente o desenvolvimento das redes.

Apoiando esses processos, também deve-se considerar a redução das barreiras burocráticas que pesam sobre o desenvolvimento de redes de telecomunicações. Da mesma forma, é importante que seja gerado o conceito de uma janela única, para que os operadores possam ter um único interlocutor a nível estatal para facilitar o processo de trâmites.

Por último, deve haver um compromisso constante do governo para garantir que o país tenha um controle efetivo sobre os dados e sistemas digitais, estabelecendo políticas que protejam a infraestrutura digital e a privacidade dos cidadãos.