O Chile precisa de uma abordagem sólida para o desenvolvimento digital rural

O progresso das telecomunicações no campo deve ser encarado não como uma questão secundária, mas como parte central do desenvolvimento do país.

São Paulo, 21 de julho de 2023 – O Chile apresenta os melhores índices de conectividade para serviços de telecomunicações da América Latina. Segundo dados da Câmara Chilena de Infraestrutura Digital (IICAM), 92% dos lares têm ligação móvel e 64% ligação fixa, enquanto 90% das empresas possuem conexão digital.

No território chileno existem 25 milhões de celulares ativos, 98% de cobertura geográfica e 96% de acesso móvel à internet em redes 4G. No entanto, existem mais de 2.000 localidades rurais e suburbanas que não possuem serviços móveis e fixos. Dos 7,6 milhões de domicílios, apenas 3,6 milhões têm acesso a algum tipo de conexão fixa.

O país ainda enfrenta desafios significativos em relação ao número de pessoas, domicílios e empresas que ainda não têm acesso à Internet. De acordo com informações do presidente do IDICAM, Rodrigo Ramírez Pino, em uma apresentação recente para a 5G Americas, 32% dos lares não dispõem de qualquer tipo de acesso fixo à Internet. Dessa forma, 78% das residências com faixa de renda mais alta têm acesso à banda larga fixa, porém esse percentual chega a apenas 32% na faixa de renda mais baixa. Se estes números forem levados para a dimensão urbana/rural, percebe-se uma brecha ainda maior: 54% dos domicílios urbanos dispõem deste tipo de conexão, contra apenas 4% que têm acesso a serviço de banda larga fixa nas zonas rurais.

As regiões do país com menor penetração no acesso à Internet são: Araucânia com 33%, Ñuble com 33,8% e Maule com 37,4%; precisamente as regiões chilenas com maior presença no mundo agrícola. Os municípios sem acesso ou com acesso parcial à banda larga fixa estão nas zonas rurais do Chile.

“A solução para as brechas de conectividade que ainda persistem, especialmente em áreas remotas e rurais, requer uma abordagem multidisciplinar e do setor público, envolvendo os diferentes níveis de governo local, regional e nacional, bem como o setor privado. O compromisso multissetorial é fundamental para reduzir as brechas que persistem e evoluem em uma sociedade em que já é evidente o quão essencial é a conectividade em todas as esferas das atividades humanas”, disse José Otero, vice-presidente para a América Latina e o Caribe da 5G Americas.

“Nas telecomunicações, não há soluções únicas para o mundo rural. A infraestrutura digital está cada vez mais pressionada e chegará um momento em que as operadoras terão que definir muito bem como continuar prestando serviços aos usuários; e nessa equação o mundo rural tem que aparecer como prioridade. Devemos agir rapidamente, porque, caso contrário, mais de um terço da população chilena que vive em territórios rurais ficará à margem da sociedade digital”, garantiu Rodríguez Pino.

Entre as alternativas que o IDICAM propõe diante desse cenário, estão incluídos incentivos para estimular o investimento; fundos para subsidiar a demanda e a oferta; e criar ecossistemas regionais com permissionárias e concessionárias comunitárias e cooperativas de serviços.

Estima-se que 83% da superfície do Chile corresponda a municípios rurais. Nas principais áreas urbanas do país existe um elevado nível de concorrência na oferta de serviços, com até 6 operadoras operando em 7 por cento dos municípios. Mas, em contrapartida, em 41 por cento dos municípios do território nacional existe apenas uma operadora que presta serviços. [DOWNLOAD]

###

Sobre a 5G Americas: A Voz da 5G e LTE para as Américas

A 5G Americas é uma associação setorial dos principais provedores de serviços e fabricantes do setor de telecomunicações. A missão da organização é de apoiar e promover o desenvolvimento total das capacidades da tecnologia sem fio LTE e sua evolução além da 5G, em todo o ecossistema de redes, serviços, aplicativos e dispositivos sem fio nas Américas. A 5G Americas fomenta o desenvolvimento de uma comunidade conectada e sem fio e está liderando o desenvolvimento da 5G para toda a região das Américas. A 5G Americas é sediada em Bellevue, no estado de Washington. Para mais informações, visite o site para o Brasil www.brechazero.com.br. Siga-nos no Twitter: @5GA_Brasil, e acompanhe nosso grupo no Linkedin: 5G Americas – Latin America & Caribbean.

Os Membros do Conselho de Administração da 5G Americas incluem: Airspan Networks Inc., Antel, AT&T, Ciena, Cisco, Crown Castle, Ericsson, Liberty Latin America, Nokia, Qualcomm Incorporated, Samsung, Roger Communications, T-Mobile US, Inc., Telefónica, VMware, and WOM.