Nicarágua capacita meninas para aumentar sua participação no estudo de carreiras tecnológicas

O desenvolvimento tecnológico é um processo histórico que marca uma mudança importante ao envolver as mulheres. Sua implementação sinaliza uma era de progresso, pesquisa, desenvolvimento e inovação em vários aspectos da sociedade. No entanto, ainda há muito trabalho a ser feito para reduzir as desvantagens e, ao mesmo tempo, aproveitar as utilidades que a tecnologia oferece. Deve-se fazer com que a tecnologia sirva como um meio para contribuir com a igualdade de oportunidades e melhorar a qualidade de vida das mulheres em suas diferentes etapas de desenvolvimento.

Os fatores que levam a resultados desiguais para homens e mulheres são complexos e variados, por conseguinte, não são fáceis de abordar e, em alguns casos, podem ser mais influentes. Essa disparidade pode começar desde idades muito jovens, nas escolas e em casa, por isso é tão importante a igualdade de oportunidades para desenvolver e prosperar em carreiras STEAM, reduzindo as diferenças salariais e de gênero e melhorando significativamente a estabilidade econômica.

Com esse objetivo, no último dia 25 de abril, o Instituto Nicaraguense de Telecomunicações e Correios (TELCOR) se uniu à celebração internacional das meninas nas TIC sob o lema “Sou Líder TIC”, estabelecido pela União Internacional de Telecomunicações (UIT). O objetivo desta celebração é inspirar as jovens a serem as futuras líderes no mundo da Tecnologia, com a participação de 25 meninas, filhas de colaboradores(as) da instituição.

Com esse tipo de estratégia, o governo, através do TELCOR, busca fomentar a inclusão digital e motivar o estudo de carreiras tecnológicas. Essas ações permitem que, pouco a pouco, se perca o medo e se reduza a brecha digital de gênero, aumentando futuramente o número de mulheres graduadas em carreiras tecnológicas, tornando mais equitativa e igualitária a participação nas disciplinas de ciência, tecnologia, engenharia, artes e matemática (STEAM, em inglês), já que essas carreiras tradicionalmente eram consideradas exclusivas para homens.

Na celebração, foram desenvolvidas uma série de atividades educativas em um ambiente dinâmico e enriquecedor, permitindo que as meninas aprendessem, compartilhassem e colocassem em prática os conhecimentos adquiridos. Foi apresentado um projeto sob o lema “Sou Líder TIC”, onde cada equipe dedicou seus esforços em uma das especialidades STEAM.

O desenvolvimento dessas iniciativas está entre as melhores práticas que devem ser promovidas pelas autoridades, juntamente com o incentivo ao desenvolvimento de redes de telecomunicações. Para isso, deve-se trabalhar em políticas que visem aumentar o acesso à banda larga, especialmente por meio de serviços móveis como LTE e 5G, que, devido às suas características, permitem alcançar zonas rurais e distantes dos grandes centros urbanos.

Portanto, é necessário trabalhar em políticas que reduzam os entraves burocráticos que dificultam a implantação de redes de telecomunicações, especialmente em uma norma que reúna as diferentes demandas do Estado.

Na mesma linha, mais ofertas de espectro radioelétrico para a indústria de serviços móveis é outra medida que permite o desenvolvimento da banda larga móvel nos mercados, assim como a criação de uma agenda com futuros leilões de espectro, proporcionando maior previsibilidade à indústria.

Para concluir, o fechamento das diversas brechas que atravessam os países da América Latina e do Caribe é uma das constantes preocupações das autoridades. Por isso, é importante reduzir as diferenças no acesso à tecnologia, juntamente com as diferenças de gênero, resultando em um avanço significativo para cada um dos países da região.