Mercados da América Latina alcançam 508 MHz de média de espectro para serviços IMT abaixo dos 6 GHz

As autoridades da América Latina avançaram na disponibilidade de espectro radioelétrico para o desenvolvimento de serviços móveis na região durante o último ano. Contudo, continua sendo uma dúvida pendente em muitos países quando consideradas as necessidades para o desenvolvimento da 5G.

São Paulo, 08 de agosto de 2023 – A disponibilidade de espectro radioelétrico é um dos principais catalizadores para o desenvolvimento dos serviços móveis. Durante os últimos anos, os reguladores da América Latina e do Caribe trabalharam para disponibilizar maiores porções de espectro para a indústria. Na primeira metade do ano serão entregues uma média de 508 MHz para serviços IMT abaixo dos 6 GHz na região segundo as estatísticas de espectro radioelétrico assignado para serviços móveis na América Latina do Brecha Zero.

A pesquisa monitorou mensalmente 18 mercados da América Latina e mostra que o Brasil é o país com maior quantidade de espectro radioelétrico da região, tendo entregue 1.060 MHz para a indústria. O pódio a nível regional está completo com a presença do Uruguai (815 MHz) e do  Peru (739,2 MHz). Contudo, é necessário um trabalhoo mais eficaz na maioria dos países, já que 12 deles estão localizados abaixo da média regional.

Em relação ao ano de 2023, os mercados do Uruguai, Peru, Guatemala e El Salvador foram os que entregaram maiores porções de espectro radioelétrico. Espera-se para o restante do ano que Argentina, Colômbia, Guatemala e México realizem licitações de espectro radioelétrico para incentivar o desenvolvimento de serviços 5G, o que fará com que a média regional aumente.

página de estatísticas de espectro no Brecha Zero apresenta quatro indicadores:

• Espectro radioelétrico alocado por país para serviços móveis em bandas IMT abaixo dos 6 GHz. Este indicador inclui uma cifra da média regional;

• Espectro alocado por país para serviços móveis em “bandas baixas” (bandas IMT abaixo de 1 GHz). Este indicador demonstra a quantidade de espectro por banda para cada país;

• Espectro alocado por país para serviços móveis em “bandas médias” (bandas IMT entre 1 GHz e 6 GHz). Este indicador demonstra a quantidade de espectro por banda para cada país; e

• Espectro alocado por país para serviços móveis em “bandas altas” (bandas IMT acoma de 6 GHz). Este indicador demonstra a quantidade de espectro por banda para cada país.

Em todos os casos, as porcentagens de espectro excluem a capacidade alocada temporalmente para provas ou uso experimental, capacidade licenciada em bandas IMT (telecomunicações móveis internacionais), mas sem autorização para serviços móveis, e o  espectro outorgado de maneira provisional.

###

Sobre a 5G Americas: A Voz da 5G e LTE para as Américas

A 5G Americas é uma associação setorial dos principais provedores de serviços e fabricantes do setor de telecomunicações. A missão da organização é de apoiar e promover o desenvolvimento total das capacidades da tecnologia sem fio LTE e sua evolução além da 5G, em todo o ecossistema de redes, serviços, aplicativos e dispositivos sem fio nas Américas. A 5G Americas fomenta o desenvolvimento de uma comunidade conectada e sem fio e está liderando o desenvolvimento da 5G para toda a região das Américas. A 5G Americas é sediada em Bellevue, no estado de Washington. Para mais informações, visite o site para o Brasil www.brechazero.com.br. Siga-nos no Twitter: @5GA_Brasil, e acompanhe nosso grupo no Linkedin: 5G Americas – Latin America & Caribbean.

Os Membros do Conselho de Administração da 5G Americas incluem: Airspan Networks Inc., Antel, AT&T, Ciena, Cisco, Crown Castle, Ericsson, Liberty Latin America, Nokia, Qualcomm Incorporated, Samsung, Roger Communications, T-Mobile US, Inc., Telefónica, VMware, and WOM.