Ilhas Cayman implementam pagamentos online para Alfândega e Controle de Fronteiras

A inclusão das tecnologias de informação e comunicação (TIC) nos diferentes setores da economia desempenha um papel fundamental nos países da América Latina e do Caribe, para que possam entrar na nova revolução digital. A possibilidade de digitalizar parte da economia é uma ferramenta que diferentes estados necessitam para o futuro.

Nos últimos anos, o Serviço de Aduanas e Controle de Fronteiras (CBC) das Ilhas Cayman tem se concentrado na otimização de seus processos, utilizando tecnologia para facilitar a interação entre as partes interessadas e, ao mesmo tempo, maximizar a experiência do cliente. O CBC implementou, com a ajuda da tecnologia, o sistema conhecido como COLS, que teve um desenvolvimento completamente estruturado, cumprindo as etapas necessárias nas diferentes fases, começando com as fases de teste e finalmente de implementação. Esse mecanismo permitirá que importadores e comerciantes paguem online as declarações individuais com um pagamento máximo de 2.500 dólares canadenses.

Esse novo produto está alinhado com o objetivo estratégico de agilizar e melhorar os processos comerciais do Sistema Online do CBC, aumentando a capacidade de pagar impostos online e oferecendo aos clientes maior eficiência e conveniência no uso dos serviços. Para alguns importadores, o acesso ao pagamento online aparecerá diretamente em sua conta COLS, com um link de pagamento. Com esse novo mecanismo, também será possível visualizar as declarações atuais e históricas, encerrando com o status de cada declaração feita. Ao finalizar a transação, será enviado um aviso de liberação, o que não isentará a mercadoria selecionada para inspeção aleatória se a segurança portuária assim o determinar.

Para futuras melhorias desse novo mecanismo, o pagamento online poderá ser realizado de maneira múltipla, representando um avanço para a próxima fase. À medida que o departamento governamental faz a transição para seu novo serviço bancário, o limite também será revisado, tudo com o intuito de facilitar a oferta ao público.

Atualmente, o montante máximo na plataforma para pagamento único em dólares canadenses está limitado a US$2.500, e há outros métodos de pagamento para comerciantes maiores registrados no serviço de títulos. A ideia é continuar facilitando o comércio eletrônico e melhorar a oferta ao público, apostando na implementação da inovação tecnológica, que possibilita o controle de operações em tempo real, acompanhamento de processos e tomada de decisões mais inteligentes.

Para que iniciativas desse tipo sejam bem recebidas, é necessário que grande parte da população tenha acesso à banda larga, sendo esta a melhor ferramenta que proporciona ao usuário final as melhores condições, uma vez que a banda larga móvel sobre redes LTE e 5G é uma alternativa de acesso que abrange maiores porções da população, permitindo, por meio de diferentes aplicativos, a implementação do comércio eletrônico, suportando todas as transações pela robustez do tráfego de dados dessas tecnologias.

Esses objetivos são importantes para os países, mas é necessário que as autoridades disponibilizem aos operadores móveis espectro radioelétrico suficiente. Essas redes utilizarão bandas baixas, médias e altas, com o objetivo de satisfazer diferentes tipos de serviço e usuários. Portanto, é crucial ter uma agenda ou roteiro de leilões claro que permita aos operadores planejar a transformação de suas redes.

O planejamento do espectro deve ser complementado por regras que incentivem a instalação de infraestrutura de rede. A importância de políticas que busquem reduzir as barreiras burocráticas nos processos de autorização de infraestrutura é indiscutível, e sem dúvida, para melhores práticas, deve-se adotar uma norma nacional para infraestrutura ou regras homologadas entre os governos locais, bem como a política de uma janela única para trâmites.