Guatemala utiliza drones para combater o narcotráfico

O surgimento de novas Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) tem um poder disruptivo em diferentes cenários da vida cotidiana. Do controle das atividades, até a melhora na produtividade ou na leitura e análise dos dados, as tecnologias apresentam uma ajuda cada vez mais significativa nas diferentes atividades. Entre estes setores, a segurança pública soube aproveitar diferentes inovações a seu favor.

No caso da Guatemala, a utilização de drones transforma-se em uma ferramenta fundamental na luta contra o narcotráfico. Por meio da operação realizada pelo Quinto Vice ministério Antártico em coordenação com a Subdireção Geral de Análise de Informação Antinarcótica (SGAIA) da Polícia Nacional Civil (PNC) e o Exército da Guatemala, foram localizados 120 campos onde foram cultivadas papoulas.

A pesquisa foi realizada na aldeia de El Inmortal, La Independencia, La Libertad, Quipambe e a União do Município de Tejutla. Ali, com o uso de drones, foram identificadas culturas que tiveram papoulas por processo de narcóticos e como procedeu a sua erradicação.

A utilização da tecnologia se deu porque as estradas para acessar os campos com plantação foram prejudicadas pelos envolvidos na atividade. Impedindo dessa forma que as forças de segurança conseguissem verificar e reconhecer o terreno. O cultivo de papoula com fins de convertê-la em narcótico é ilícito no país. Os drones também permitiram que as Forças Especiais do PNC identificassem também a localização de dois campos de maconha nas aldeias El Inmortal e La Independencia com 43 tufos.

O desenvolvimento de drones permitiu às forças de segurança acessar de maneira rápida e eficiente a informação necessária para realizar seus procedimentos. Por meio da tecnologia permitiu identificar quais eram as culturas que estavam infringindo as leis do país, podendo proceder de maneira efetiva em áreas de difícil acesso desde as rotas e caminhos.

A incorporação de tecnologia funciona assim como uma ferramenta de significativa importância para as forças de segurança no momento de desempenhar suas tarefas. Se bem que neste caso em particular é uma ação direta contra o narcotráfico, a implementação dos drones poderia ser de utilidade no momento de combater outros delitos que requerem pesquisa em terrenos não aptos para translado.

Então, a utilização dos Drones torna-se uma vantagem significativa das autoridades policiais da Guatemala no momento de realizar este tipo de procedimento. A possibilidade de observar em tempo real grandes extensões minimizando os riscos aos policiais é um grande diferencial das forças, em particular porque permite cercar grandes áreas em pouco tempo com menor exposição aos ataques inimigos.

É importante que estas iniciativas sejam acompanhadas pelo setor privado no país. Gerando condições mais adequadas para a conectividade e o aproveitamento destes dispositivos. Neste sentido, por meio da banda larga sem fio é possível em tempo real observar as imagens emitidas pelos drones, permitindo às autoridades policiais atuar de maneira mais rápida e eficiente. No entanto, para que este tipo de funcionalidade esteja ativo de maneira efetiva é importante que existam redes de banda larga móvel robusta que permitam a transmissão de grandes volumes de dados.

Neste sentido, os desenvolvimentos de acesso LTE em Drones apresentam-se como uma ferramenta efetiva para potencializar sua funcionalidade em diferentes aspectos como a transmissão de vídeo. Esta tecnologia possibilitará enviar em tempo real a informação valiosa para as autoridades policiais, com o fim que possam tomar decisões de maneira mais efetiva. No entanto, é importante que as autoridades governamentais criem as condições no mercado para que a LTE possa ter um desenvolvimento saudável.

Neste cenário, a disponibilidade de espectro radioelétrico é uma estratégia de governo necessária para o desenvolvimento de redes de banda larga móvel, principalmente porque é um bem indispensável para o desenvolvimento das redes. Da mesma forma, é fundamental que se reduzam os processos burocráticos para o desenvolvimento de redes de telecomunicações, facilitando dessa maneira os tempos de desenvolvimento de redes e reduzindo seus custos.

Assim, as redes de banda larga sem fio não são apenas uma oportunidade de desenvolvimento para a população por meio do acesso à internet, mas também consolidam uma ajuda efetiva para as autoridades policiais na luta diária contra o narcotráfico. Devido a implementação de redes de maior capacidade de transmissão de dados permite a polícia poder acessar as transmissões de drones em tempo real.

Como pode-se observar, a implementação de drones em aspectos de segurança púbica está obtendo resultados positivos, devido a capacidade destes dispositivos em chegar a lugares de difícil aceso e de resguardar a vida dos policiais. Contudo, é importante que se considere a conectividade destes terminais, com o fim de aumentar a eficiência de seu uso e melhorar as ferramentas com as que dispõem as forças para a tomada de decisões.

0 comments on “Guatemala utiliza drones para combater o narcotráfico

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.