Guatemala promove inovação nas empresas e contribui para o desenvolvimento econômico do país

O mercado da América Latina continua avançando em direção à digitalização econômica. Iniciativas tanto públicas quanto privadas em diversos setores preparam o país para enfrentar os desafios tecnológicos, destacando a importância do acesso à banda larga móvel. Sem dúvida, essa é uma meta buscada quase unanimemente pelos diversos atores do setor, visando melhorar a qualidade de vida dos habitantes da região, aumentar a produtividade das empresas e impulsionar a economia de cada país.

A Secretaria Nacional de Ciência e Tecnologia da Guatemala busca potencializar a aplicação oferecida pelo Fundo Nacional de Ciência e Tecnologia para o programa Proinnova e sua linha Emprende CTi para os cidadãos. Com esse objetivo, oferece financiamento a empreendimentos baseados em ciência, tecnologia e inovação, considerados fundamentais para o desenvolvimento econômico de qualquer país do mundo.

Na Mesa CTi, houve participação de representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Alimentação, Ministério do Meio Ambiente e Recursos Naturais, Associação de Empreendedores, Comissão de Inovação do Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia, Universidade do Vale da Guatemala, Bridge for Billions e Aceleremos Guate. Os participantes tiveram um espaço de interação que proporcionou uma clara ideia das possíveis soluções para a inovação e o empreendedorismo, gerando uma nova forma de conduzir um tipo específico de atividade econômica.

Além disso, enfatizaram a necessidade de atrair novas indústrias, fomentar a economia criativa, impulsionar a agricultura e o comércio eletrônico. Assim como transformar a aprendizagem por meio da inovação e da tecnologia em cada setor, gerando mais espaços de colaboração e parceria. Criando uma cultura de gerenciamento de projetos e redes de jovens, enfrentando desafios para potencializar os negócios e aplicar o apoio financeiro, resultando na proposição e estruturação de projetos que contribuam para o desenvolvimento econômico do país.

A aplicação de novas tecnologias possibilita o desenvolvimento de um comércio eletrônico eficiente, incorporando dispositivos como os telefones móveis. Eles permitem expandir a rede de alcance para a abertura de novos mercados, superando as metas estabelecidas anualmente pelas empresas.

Também é importante que as autoridades trabalhem para aumentar o acesso à banda larga móvel, a fim de potencializar a economia digital. Em particular, facilitando maiores porções de espectro radioelétrico que permitam o desenvolvimento de tecnologias como 5G e LTE, elevando a produtividade nos diferentes setores da economia devido às suas características e benefícios, como alta velocidade no tráfego de dados e maior segurança. Essa alternativa permite que as empresas sejam mais competitivas e tenham melhor capacidade de gestão, proporcionando novas oportunidades de negócios e competitividade empresarial.

Com o objetivo de melhorar a infraestrutura, é necessário que as autoridades dos países desenvolvam regulamentações que unifiquem os diferentes requisitos do Estado, reduzindo as barreiras burocráticas sobre o setor. Da mesma forma, é necessário desenvolver o conceito de uma janela única para trâmites, permitindo que os operadores tenham um único interlocutor e agilizando os processos implementados atualmente.

Essas medidas permitirão que a indústria de telecomunicações possa implementar serviços de banda larga móvel, possibilitando que as empresas melhorem suas condições digitais e se tornem mais competitivas no mercado. Isso contribuirá para que as iniciativas lideradas pelas autoridades possam aprimorar a digitalização das pequenas e médias empresas, proporcionando um melhor desempenho.