Guatemala lança plataforma eletrônica de orientação profissional

Os países da América Latina e do Caribe estão trabalhando para avançar na digitalização da economia e da sociedade, com o objetivo de se integrar à economia mundial. Para isso, buscam aumentar o acesso às tecnologias da informação e comunicação (TIC) em diferentes segmentos.

Nesse sentido, o Ministério do Trabalho e Previdência Social (Mintrab) da Guatemala, por meio do Serviço Nacional de Emprego (SNE), lançou a Plataforma Eletrônica de Orientação Profissional, que estará disponível no portal TuEmpleo. O objetivo é permitir que os trabalhadores realizem uma busca ativa e eficaz por empregos.

O Serviço Nacional de Emprego é um órgão estatal responsável por implementar políticas ativas que facilitem à população encontrar um ofício. De 2020 a 2023, foram realizadas mais de 21.900 orientações profissionais e mais de 10 feiras nacionais com a participação de 30.400 pessoas. Também foram instalados cerca de 411 quiosques de Emprego e, nesse momento, existem 50 Janelas Únicas Municipais de Emprego (VUME) em funcionamento.

A plataforma digital é útil para que os participantes possam divulgar sua formação, técnicas e habilidades, possibilitando assim uma busca pró ativa organizada e planejada. Além disso, permite que as pessoas aprimorem suas aptidões para obter mais oportunidades de emprego.

O acesso à ferramenta, que também possui finalidades educacionais, é totalmente gratuito. Ela abriga uma série de oficinas com diversos módulos que abordam três tipos de informações necessárias para uma busca eficaz de emprego: a elaboração de currículo adequado, como se apresentar em uma entrevista e habilidades interpessoais importantes.

Cada oficina tem quatro horas de duração e o acesso à plataforma pode ser feito a partir de qualquer dispositivo com acesso à internet. São cursos assíncronos, o que permite aos usuários determinar quando desejam acessá-los.

O portal também oferece aos usuários a oportunidade de baixar um certificado que comprova a participação na oficina de orientação profissional, o que fortalece seu currículo. Dessa forma, o Mintrab busca fortalecer o perfil ocupacional da população e o acesso a empregos sustentáveis e formais para os jovens.

Dessa forma, para que a iniciativa tenha um maior impacto na população, é necessário que as autoridades da Guatemala facilitem o acesso à banda larga para a população. Os serviços móveis representam uma grande oportunidade para que um maior número de pessoas possa acessar essa plataforma, já que permitem acesso mais rápido a áreas rurais e remotas, que ficam longe dos grandes centros urbanos.

Particularmente, por meio de tecnologias como a LTE e a 5G, que, devido às suas características, oferecem altas velocidades de acesso e robustez de dados. Portanto, é muito importante implementar políticas que permitam à indústria expandir esses serviços, como facilitar o acesso ao espectro radioelétrico. Entre as melhores práticas internacionais está a criação de uma agenda com futuros leilões de espectro, o que permite às operadoras planejar de forma mais eficiente a expansão de suas redes.

Nesse sentido, também é importante reduzir as barreiras burocráticas que afetam a expansão das redes, especialmente com a criação de normas que agreguem as demandas dos diferentes níveis dos órgãos estatais. Além disso, é fundamental desenvolver o conceito de janela única de trâmites, para facilitar o trabalho das operadoras.

Como pode-se observar, a iniciativa liderada pelo Mintrab da Guatemala demonstra como as TIC podem ajudar os trabalhadores a adquirirem novas habilidades para conseguir um emprego. No entanto, é necessário um esforço conjunto para aumentar o acesso à banda larga móvel na população, a fim de que sua aplicação seja eficaz.