Governo de Honduras financia a produção local de Drones

Entre as diversas iniciativas realizadas pelos governos para fomentar o desenvolvimento das Tecnologias da Informação e comunicação (TIC) em cada um dos países destaca-se a promoção da produção local. Encorajar a pesquisa de diferentes áreas, assim como a criação de dispositivos, é um passo à frente para o incentivo do setor TIC.

Neste sentido, o Instituto Hondureño de Ciencia, Tecnología y la Innovación (IHCIETI), apoia com o financiamento e assistência técnica a elaboração de dois veículos aéreos não tripulados (VANT). Os dispositivos mais conhecidos como drones, estão nas mãos de uma equipe de pesquisa da Universidad de Defensa de Honduras (UDH), que se classificou na disputa de Projetos de Pesquisa em 2015.

O IHCIETI foi criado em 15 de fevereiro de 2014 como braço executor do Decreto Nº 276-2013 Lei para a promoção e fomento do Desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação. Dentro de suas funções está a de apoiar a consolidação do Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia realizando atividades que promovem a harmonização da relação entre governo, academia e setor privado, a melhoria de políticas e programas, o desenvolvimento das capacidades e competências de capital humano, o estabelecimento de infraestrutura necessária para o avanço da ciência e da tecnologia, a melhoria da competitividade do setor produtivo e o acesso à mercados regionais e globais.

Entre as atividades realizadas pelo IHCIETI está o Plano Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação com estudos da Perspectiva tecnológica e Observação da Perspectiva. Além de incentivar a pesquisa aplicada e o financiamento em projetos de pesquisa. Busca ainda fomentar a criatividade e o interesse na ciência e tecnologia por meio de concursos nacionais de ciências e tecnologia, formação de recursos humanos especializados e a colaboração com a comunidade de ciência e tecnologia internacional.

Por sua vez, a Universidad de Defensa de Honduras apresenta uma necessidade de reconhecer os estudos realizados pelos profissionais militares ao longo de suas carreiras. A UDH foi inaugurada oficialmente em 21 de outubro de 2005. Hoje oferece formação em Ciências Militares, Aeronáutica e Naval, Engenharia Militar em Mecatrônica, Curso Técnico Universitário em Mecânica de Aeronaves, Técnico em Telemática, Manutenção Aeronáutica e Mecânica Naval, Enfermaria Militar, e mestrado em Defesa e Central de Segurança. Para o projeto dos drones, participou uma equipe liderada pela capitã Covia Fugón Medina, que obteve os melhores resultados e o direito a uma segunda etapa, na qual seguirá contando com o apoio financeiro do IHCIETI.

No caso particular da criação dos VANT, a função do IHCIETI é apoiar com financiamento a criatividade e o espirito inovador dos hondurenhos que desejam aplicar seus conhecimentos em projetos que apresentam soluções reais em muitas áreas de interesse geral no país. O desenvolvimento de drones é de grande importância para Honduras, já que conta com múltiplos usos necessários para esse país.

Entre as funções que estes dispositivos podem ajudar a desenvolver podem ser mencionadas: o controle do tráfego, análise do uso de solos, agricultura, prevenção de incêndios, busca e salvamento, turismo, cinematografia, entre outros. Ainda assim, o projeto contempla a criação de novas tecnologias como o “medi-copter”, fotometria geo-referência, entrega de pacotes (correio) e muitas outras iniciativas que estas potentes máquinas podem realizar com um pouco de criatividade, como por exemplo a arqueologia.

A criação de tecnologia por parte de entes estatais autônomos como universidades faz parte de uma prática de benefícios para as TIC nos países. Assim como também a estimulação de entes governamentais a concursos que premiem o desenvolvimento deste tipo de dispositivos. É importante que estas iniciativas se mantenham buscando a geração de novas alternativas tecnológicas.

Porém, também é fundamental que este tipo de iniciativas tenham um correlato no setor privado, gerando aplicativos e condições de conectividade que permitam estimular as funcionalidades destes dispositivos. Neste sentido, os drones podem ser de grande utilidade no envio de informação em tempo real, ainda que para que isto seja efetivo é importante que existam redes de conectividade móvel robustas que possibilitem a transmissão de grandes volumes de dados.

A inclusão de acesso LTE em dispositivos como drones podem potencializar suas funcionalidades em diversas áreas, como de segurança, transito ou inclusão em medidores meteorológicos, já que ao contar com conectividade pode enviar informação em tempo real para ajudar a tomar decisões. Estas oportunidades devem ser acompanhadas pelo Estado por meio da criação de condições necessárias para o desenvolvimento desta tecnologia, em particular no que representa o acesso radioelétrico e o desenvolvimento de redes de telecomunicações.

Assim, as redes de banda larga sem fio se transformam em uma oportunidade não somente para oferecer melhor conectividade para a população, mas também para auxiliar diferentes setores que buscam a utilização deste tipo de dispositivos. Além disso, funciona como um potencializador de outros setores como a geração de aplicativos móveis que facilitam a conectividade entre os smartphones e os drones, massificando assim o acesso a essa informação.

Como pode-se apreciar, a iniciativa de potencializar a construção de instrumentos de tecnologia por parte da  IHCIETI terá um impacto positivo no país. No entanto, deve-se considerar no futuro a inclusão de maiores funcionalidades, em particular da conectividade, para poder aumentar ainda mais seus benefícios.

0 comments on “Governo de Honduras financia a produção local de Drones

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *