Estabelecer um cronograma de alocação de espectro radioelétrico é fundamental para promover o desenvolvimento da 5G na América Latina

As administrações nacionais devem avançar juntas na identificação e harmonização do espectro para permitir a implantação de redes 5G na América Latina.

São Paulo, 14 de outubro de 2021 – O desenvolvimento de redes e serviços 5G exige um trabalho conjunto da indústria e do governo para gerar condições nos países que permitam esse tipo de implantação. A 5G Americas publica, hoje (14), seu relatório intitulado “Importância do planejamento do espectro para 5G” abordando a relevância de um roteiro dentro do planejamento do espectro radioelétrico para as telecomunicações móveis.

De acordo com o relatório, recomenda-se que as administrações nacionais identifiquem a disponibilidade das bandas direcionadas para telecomunicações móveis internacionais (IMT) e planejem termos de alocação em condições e prazos razoáveis. Os governos devem considerar que o pleno desenvolvimento do ambiente de serviços 5G depende do acesso oportuno ao espectro em bandas baixa, média e alta, com larguras de banda suficientes e regras de alocação claras.

Os roteiros de espectro são relevantes para a indústria, pois fornecem previsibilidade sobre as alocações de espectro futuras, o que representa informações úteis para o planejamento de investimentos em rede.

Por sua vez, também é recomendado que as autoridades considerem os avanços na harmonização das faixas do espectro em nível internacional, mas também as condições do próprio setor de telecomunicações sem fio para preparar um roteiro oportuno. As alocações do espectro por meio de leilões, licitações ou concursos devem ser transparentes e alinhadas com a indústria para garantir que os termos sejam atrativos, estimulando a participação e os investimentos no uso do espectro.

Os roteiros podem fazer parte de planos de espectro de longo prazo, mas os mecanismos de alocação de espectro precisam ser bem projetados para ter os resultados desejáveis. Caso os compromissos ou obrigações de cobertura estejam incluídos nos termos das licitações, estes devem ser de abrangência e prazo razoáveis ​​que permitam o seu cumprimento e incentivem o investimento.

Desta forma, o planejamento de espectro de longo prazo não é útil apenas para conhecer as faixas de espectro sujeitas à ofertas públicas e suas datas de licitação. Procedimentos apropriados devem ser projetados para o uso do espectro, permitindo o desenvolvimento da 5G. [DOWNLOAD]

###

Sobre a 5G Americas: A Voz da 5G e LTE para as Américas

A 5G Americas é uma associação setorial dos principais provedores de serviços e fabricantes do setor de telecomunicações. A missão da organização é de apoiar e promover o desenvolvimento total das capacidades da tecnologia sem fio LTE e sua evolução além da 5G, em todo o ecossistema de redes, serviços, aplicativos e dispositivos sem fio nas Américas. A 5G Americas fomenta o desenvolvimento de uma comunidade conectada e sem fio e está liderando o desenvolvimento da 5G para toda a região das Américas. A 5G Americas é sediada em Bellevue, no estado de Washington. Para mais informações, visite o site para o Brasil www.brechazero.com.br. Siga-nos no Twitter: @5GA_Brasil, e acompanhe nosso grupo no Linkedin: 5G Americas – Latin America & Caribbean.

Os Membros do Conselho de Administração da 5G Americas incluem: Airspan Networks Inc., Antel, AT&T, Ciena, Cisco, Crown Castle, Ericsson, Intel, Liberty Latin America, Mavenir, Nokia, Qualcomm Incorporated, Samsung, Shaw Communications Inc., T-Mobile US, Inc., Telefónica, VMware, and WOM.