ESPECTRO 5G NA AMÉRICA LATINA E CARIBE: FAIXAS MÉDIAS E ALTAS

Durante a última década, o setor privado investiu muito na implantação de redes, novas tecnologias e ofertas de espectro. O setor público também fez muito progresso na habilitação e organização do espectro de rádio, um fator essencial para a indústria móvel. A disponibilidade de espectro e os investimentos privados foram fatores-chave para o forte desenvolvimento da 4G LTE na região. Essa tecnologia permitiu um grande crescimento do ecossistema digital na América Latina e no Caribe, com novos serviços, entretenimento e produtividade. A tecnologia 5G exigirá mais investimento e espectro. Este documento analisa as diferentes instâncias em que países específicos da América Latina e do Caribe estão localizados para identificar novas frequências que podem satisfazer a necessidade de mais espectro [Download aqui].