ESIAP de El Salvador assina memorando de entendimento com o INAP da Guatemala

O avanço da digitalização se tornou uma meta importante para vários países na América Latina e no Caribe. Nesse sentido, impulsionar o governo eletrônico é um objetivo fundamental para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos e estimular o crescimento em diversos setores econômicos.

Dessa forma, a Escola Superior de Inovação na Administração Pública (ESIAP) de El Salvador assinou um Memorando de Entendimento com o INAP da Guatemala. Este acordo não vinculante estabelece a intenção de duas ou mais partes em cooperar em um projeto ou área específica. O objetivo dessa assinatura foi estabelecer uma aliança estratégica que facilite a troca de conhecimentos e boas práticas em programas de formação e capacitação para a administração pública.

Durante o evento, foi destacada a vasta experiência de 40 anos do Instituto Nacional de Administração Pública da Guatemala (ESIAP), ressaltando sua visão da importância da cooperação para compartilhar o conhecimento adquirido. Também foi enfatizado o compromisso sólido do governo salvadorenho em reduzir a brecha digital, aproveitar as novas tecnologias para melhorar as habilidades dos funcionários e garantir serviços públicos de qualidade para todos os habitantes do país.

Um componente crucial nesse processo é fortalecer a interação entre a população e as autoridades por meio do aproveitamento das tecnologias da informação e comunicação (TIC). Nesse contexto, nos últimos meses, foi implementado em El Salvador o Sistema de Atendimento ao Cidadão (SAC), que visa facilitar aos usuários do Sistema de Saúde do país a realização de denúncias e queixas e a obtenção de avisos de forma ágil e simples.

Com o SAC, busca-se melhorar a relação entre os cidadãos e as autoridades de saúde, o que contribuirá para uma maior eficiência e transparência no atendimento às necessidades e preocupações da população. Esse avanço no campo do governo eletrônico representa um passo significativo para alcançar os objetivos de desenvolvimento e progresso em El Salvador, e é um exemplo do compromisso da região em aproveitar o potencial das TIC em benefício da sociedade e, agora, no avanço das relações com outros países da América Central, neste caso com a Guatemala.

Além disso, foram apresentadas as ações empreendidas pela ESIAP, como o recente lançamento do “Programa de Certificação em Administração Pública” e as parcerias estabelecidas com centros de estudos internacionais.

Quanto às colocações do Instituto Nacional de Administração Pública da Guatemala, foi destacada a importância da assinatura do memorando e foi enfatizado que entre as atividades a serem desenvolvidas em cooperação são a pesquisa para atualizar os programas de formação e capacitação da Administração Pública, bem como a elaboração de um Plano de Formação aplicável a ambos os países, alinhado com os objetivos regionais estabelecidos.

No contexto da assinatura, foi realizada a inauguração do workshop “Intercâmbio de Experiências e Boas Práticas para o Fortalecimento da Gestão Institucional”. Essa atividade está programada para ocorrer ao longo de dois dias e busca continuar fortalecendo ambas as entidades públicas.

O evento, que aconteceu na Cidade da Guatemala, teve como objetivo promover o desenvolvimento e a implementação de tecnologias avançadas de telecomunicações. Para isso, é crucial que as autoridades de El Salvador se comprometam a alocar maiores porções de espectro radioelétrico para a indústria de telecomunicações. Essa ação permitirá que as operadoras móveis disponham de mais recursos para melhorar e expandir suas redes.

Além disso, é importante estabelecer políticas que facilitem o acesso das operadoras móveis a uma agenda com futuras licitações de espectro. Ao fornecer um ecossistema previsível e transparente para futuras alocações, cria-se um ambiente propício para que as operadoras possam planejar seus investimentos e implantação de novas redes de telecomunicações de maneira mais eficiente.

Essas medidas são fundamentais para estimular o desenvolvimento de infraestruturas de telecomunicações mais modernas e robustas em El Salvador. Ao melhorar a disponibilidade e o acesso ao espectro radioelétrico, facilita-se a implementação de tecnologias de ponta, como a 5G, e promove-se um maior acesso a serviços de comunicação de qualidade para a população.