Equador disponibiliza informações escolares através do Portal Educar

As tecnologias da informação e comunicação (TIC) podem ter diferentes aplicações no campo da educação. Estas vão desde a oferta de dispositivos para alunos e professores, até o fornecimento de conectividade para as escolas, através da implantação de cursos on-line e desenvolvimento de conteúdos para a rede.

Uma das variantes onde ensino das TIC pode ser útil para a educação é através da facilidade na troca de informações dentro da comunidade educativa. A interatividade entre diretores, professores, alunos e pais pode ser uma ferramenta muito poderosa para melhorar os resultados das políticas educativas implementadas. Desta forma, os gestores podem rapidamente expor suas intenções educacionais, os professores podem ter uma comunicação mais fluida, os alunos podem rever as suas tarefas e avaliações de casa e os pais podem ter informações de uma forma mais simples, além de acompanhar o que seus filhos fazem na escola.

O portal Educar Equador tem como objetivo fortalecer o desempenho do corpo docente nas instituições educacionais. Numa primeira fase, tem como objetivo sensibilizar e formar professores com carga horária integral. Para isso, disponibiliza para o docente um netbook, um modem de internet sem fio com 1000 MB por mês, um mouse, uma trava de segurança e uma mochila para gravar notas, avaliações e gestão de ensino.

As inclusões de tecnologias de acesso sem fio são apresentadas como uma oportunidade interessante, pois permite aos professores manterem-se conectados mesmo fora das salas de aula. Esta flexibilidade também funciona como um incentivo para manter contato com o resto da comunidade educativa fora do horário escolar, reforçando a ligação com os alunos e seus pais.

O plano conta com uma segunda etapa, onde está prevista a socialização por meio da plataforma com os aluno e, finalmente, com os representantes legais e familiares. Desta forma, pretende-se chegar a toda a comunidade educativa de cada uma das escolas para facilitar o acesso aos arquivos educacionais de cada aluno.

Através destas ferramentas, o portal tem o objetivo de facilitar o acompanhamento e controle da gestão educacional. A busca de tais portais serve para contribuir para a melhoria contínua da qualidade da educação, uma vez que permite a criação de registros escolares, o que possibilita um monitoramento periódico do progresso do aluno. Ela possibilita o aumento das competências dos professores e potencializa a aprendizagem por meio das TICs.

Dando continuidade ao projeto, o Ministério da Educação do Equador está na etapa de registrar as unidades educacionais em todo o país para fornecer credenciais de login a cada membro da comunidade escolar. Este processo é feito de forma gradual, primeiro serão registrados os gestores e, em seguida, os professores, os estudantes e, finalmente, os demais membros da comunidade educativa.

O portal permite aos professores disponibilizar dados sobre seus alunos, tais como qualificações, atendimento e comportamento. Além disso, oferece aos educadores o uso de ferramentas tecnológicas como bate-papo, blogs, avaliações online, registro de currículo e atividades científicas. Gerando assim mais informações para a preparação de aulas. Esta iniciativa é acompanhada por um processo permanente que visa aumentar os recursos pedagógicos e tecnológicos em sala de aula.

No caso dos dirigentes da escola, o projeto oferece a oportunidade de gerenciamento dos registros de planejamento educacional institucional. Entre outras possibilidades, permite o registro dos docentes, a distribuição da carga de trabalho, a revisão dos boletins gerais, o calendário escolar e criar comunicados aos professores, alunos e familiares. A partir da implementação desta parte do programa, objetiva-se reduzir gradualmente o consumo do papel no dia-a-dia da gestão escolar, assim como procura-se ganhar tempo e facilitar o acesso à informação.

A plataforma permite que os alunos verifiquem as suas tarefas e avaliações. Além de interagir com os colegas, é possível baixar o conteúdo das aulas e ver as tarefas de cada disciplina. Enquanto que para os pais ou responsáveis ​​legais, é possível participar da comunidade educativa, consultar relatórios de avaliação e tarefas, adquirir informação sobre novidades escolares e marcar uma reunião com os professores.

Uma das maneiras de aumentar o alcance de tais iniciativas é a inclusão de aplicativos para dispositivos móveis, especialmente para smartphones. Dessa forma, pode-se chegar a uma população maior, de acordo com a Agência de Regulação e Controle das Telecomunicações (ARCOTEL), em março de 2016, o mercado tinha 14 milhões de linhas móveis, representando uma penetração de 86, 8%. Além disso, desse total, cerca de 6,4 milhões também pode acessar serviços de Internet móvel. Como é possível constatar, os serviços móveis funcionam como uma importante alternativa de acesso de mercado.

De qualquer forma, o portal continua a dar um passo importante na democratização da informação educacional. Sua implementação consolidou-se como uma alternativa ao acesso e compartilhamento de informações na comunidade escolar. Assim, a plataforma é uma ferramenta que ajuda a fortalecer os laços e diálogo entre os diferentes atores. Além de aumentar a transparência do conteúdo, visa melhorar a qualidade da educação dos alunos, aprimorando o controle não só do corpo docente, mas também da própria casa do estudante.

0 comments on “Equador disponibiliza informações escolares através do Portal Educar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.