El Salvador procura levar conexão e dispositivos de acesso à educação pública

A pandemia do Covid-19 representa um alerta para inúmeros setores socioeconômicos. Além de trabalhar na melhoria dos sistemas de saúde, as autoridades da região devem trabalhar para também aprimorar o aparato produtivo, o sistema financeiro, a educação , além de outros serviços.

Nesse contexto, o Ministério da Educação (MINED), em conjunto com a Secretaria de Inovação da Presidência de El Salvador trabalharam com o objetivo de adquirir equipamentos tecnológicos para estudantes e professores do setor público da educação. O objetivo é levar a digitalização para a educação.

Outro objetivo do MINED é preparar o setor educacional para enfrentar emergências comparáveis ​​às da epidemia de Covid-19. Para alcançar isto, darão início aos trabalhos com o intuito de chegar a todos os alunos e professores, começando pelos mais desprovidos, ou seja, aqueles que não têm Internet ou computador em casa.

O projeto planeja entregar para cada aluno conexão à internet, além de um dispositivo de acesso (computador ou tablet) para que eles possam ter acesso às aulas virtuais, além de eliminar a necessidade dos pais terem que arcar com isso. Visando reduzir o gap digital existente entre os estudantes do país, aumentando as oportunidades de acesso à tecnologia.

Dessa forma, o Plano Estratégico elaborado pela Educação (no qual foi planejado eliminar o gap digital), com o apoio do Ministério da Inovação tem como objetivo atingir sua conclusão em tempo recorde de dois anos, levando Internet para todos os centros educacionais do país, além de entregar equipamentos para todas as escolas. A pandemia foi um fator que acelerou a implantação  do projeto.

Enquanto o plano de conectividade e entrega de equipamentos está sendo lançado, o Ministério da Educação lançou também a transmissão da programação educacional “Aprendamos en Casa”. Estes conteúdos serão transmitidos pela El Salvador Television de segunda à sexta-feira, das 7:00 às 16:30 horas.

A programação será das 7h às 8h e contará com conteúdo para a primeira infância. A produção infantil faz parte do esforço realizado com o apoio do Escritório da Primeira Dama, do Banco Interamericano de Desenvolvimento, da Vila Sésamo e dos Ministérios da Cultura e da Educação. Das 8h às 13h30 serão exibidos materiais destinados ao ensino fundamental. Ao meio-dia serão exibidas produções audiovisuais com o intuito de apoiar os alunos, professores e pais de forma psicoemocional. Enquanto que de segunda à quinta-feira, das 13h30 às 15h30, será a faixa destinada ao ensino médio, este bloco transmitirá conteúdos educacionais e tele-classes variadas.

Com este programa, o objetivo é fornecer ao corpo docente o mesmo material dos guias técnicos, utilizando recursos como animações, fantoches, atividades recreativas, entre outros, garantindo a aprendizagem em casa com o intuito de se tornar um material de apoio.

Embora o planejamento do Ministério da Educação de El Salvador, diante da emergência causada pela pandemia do COVID-19 seja interessante com o objetivo de manter a continuidade pedagógica, é importante a criação de outras políticas que busquem garantir conectividade no mercado, para que os alunos possam manter a conectividade fora da área acadêmica.

Incentivar o desenvolvimento da banda larga móvel, com tecnologias como LTE ou 5G, pode ser de grande ajuda para dar continuidade ao aumento do acesso à educação e reduzir o gap digital. Para alcançar esse objetivo, recomenda-se a disponibilização de uma maior quantia de espectro de rádio para o setor de telecomunicações, bem como a redução de obstáculos burocráticos para a instalação de redes de telecomunicações.