DSS: 5G acelera chegada à América Latina apoiando-se na LTE

É indispensável a alocação de mais espectro móvel para permitir a maturação do ambiente tecnológico da 5G, dynamic spectrum sharing (DSS), pode facilitar a transição inicial rumo à 5G na região. Contudo, é indispensável a alocação de mais espectro radioelétrico para serviços móveis que permitam a maturação do ambiente tecnológico da 5G e de suas capacidades plenas.

São Paulo, 25 de agosto 2020 – O compartilhamento dinâmico de espectro móvel, o dynamic spectrum sharing (DSS), permite que as operadoras de rede móvel alternem o uso do espectro radioelétrico entre conectividade LTE (4G) e 5G. Este plano possibilita a chegada da 5G em cidades do Brasil e para mais localidades de Porto Rico durante 2020.

O DSS habilita-se como uma solução tecnológica nas redes de operadoras para que os usuários com equipamentos móveis compatíveis utilizem 4G ou 5G, conforme disponibilidade em sua área. Uma diferença desta tecnologia é que as operadoras não requerem uma divisão prévia e rígida de canais dentro de uma banda de espectro; o DSS permite que se utilize o mesmo espectro alternado por tempo e, segundo necessidades locais, como presença local de conexões 5G.

Este plano permite desenvolvimentos iniciais eficientes da 5G, pois além do espectro pré-existente utilizam outros elementos da rede, como as antenas e equipamentos radielétricos.

Esta tecnologia pode ser um fator para acelerar a chegada da 5G em países onde foram alocados mais espectro radioelétrico para banda larga móvel recentemente, e conforme cresça a disponibilidade de dispositivos 5G, como smartphones, e até equipamentos para serviços fixo sem fio. Isto reforça a necessidade de alocar bandas para harmonização internacional dos serviços móveis na América Latina, como as bandas de 2,5GHz e 700 MHz.

Mesmo que os primeiros passos da 5G na região possam ocorrer compartilhando espectro das redes LTE, é necessário que os governos planejem a alocação de bandas que irão permitir a maturação tecnológica da 5G, como as de 3,5 GHz e, em um futuro próximo, bandas sobre 24GHz.

Nota aos jornalistas: preparamos um vídeo sobre a tecnologia DSS (em português e espanhol) disponível em nosso canal   https://www.youtube.com/watch?v=K_4jU8GLon0

###

Sobre a 5G Americas: A Voz da 5G e LTE para as Américas
A 5G Americas é uma associação setorial dos principais provedores de serviços e fabricantes do setor de telecomunicações. A missão da organização é de apoiar e promover o desenvolvimento total das capacidades da tecnologia sem fio LTE e sua evolução além da 5G, em todo o ecossistema de redes, serviços, aplicativos e dispositivos sem fio nas Américas. A 5G Americas fomenta o desenvolvimento de uma comunidade conectada e sem fio e está liderando o desenvolvimento da 5G para toda a região das Américas.  A 5G Americas é sediada em Bellevue, no estado de Washington. Para mais informações, visite www.5gamericas.org. Siga-nos no Twitter: @5GA_Brasil, no Facebook e acompanhe nosso grupo no Linkedin: 5G Americas – Latin America & Caribbean.

Os Membros do Conselho de Administração da 5G Americas incluem: AT&T, Cable & Wireless, Ciena, Cisco, CommScope, Crown Castle, Ericsson, Intel, Mavenir, Nokia, Qualcomm Incorporated, Samsung, Shaw Communications Inc., T-Mobile US, Inc., Telefónica e WOM.