Desenvolvimento de aplicativo de realidade aumentada para aulas na Argentina

As Tecnologias da Informação e das Comunicações (TIC) contemplam uma ampla gama de ferramentas no momento de melhorar as condições educativas dos países. Sua implementação varia desde o desenvolvimento de planos a nível nacional que envolvem conectividade e entrega de dispositivos aos colégios, até iniciativas privadas que buscam implementar aplicativos que auxiliam os docentes.

Seguindo o movimento, na Argentina foi desenvolvida uma aplicação móvel gratuita para que alunos e docentes possam fazer o upload de conteúdo do currículo escolar por meio de realidade aumentada. Essa ferramenta, desenvolvida pela editoria central em artigos escolares Ángel Estrada, buscam melhorar as condições de ensino dos docentes e do aprendizado dos alunos.

Com o nome de Rivadavia 3D, a aplicação permite aos usuários, por meio da realidade aumentada, o upload de material organizado a partir do ciclo escolar ou pela área de interesse de busca. Esses materiais foram desenvolvidos por uma equipe de docentes que adaptou a temática do currículo escolar com o objetivo de serem úteis para o primeiro e segundo ciclo da escola primária e o primeiro ciclo do secundário.

A aplicação busca estimular o uso das TIC dentro da sala de aula, aproveitando a atração que as crianças e jovens apresentam pelo mundo digital. A aplicação conta com um menu de opções que são atualizados periodicamente. Permite ainda aos usuários escancearem qualquer folha interna dos produtos da marca mediante ao upload do conteúdo utilizando exclusivamente a teologia de realidade aumentada.

A inclusão de novas tecnologias pode significar um aporte substancial feito em benefício da educação. A implementação desse tipo de aplicação pode complementar planos de acesso mais sofisticados desenvolvidos pelo setor público. Assim o trabalho auxilia os setores público e privado e age a favor da educação na Argentina.

De qualquer forma, devem existir maiores esforços para que essas iniciativas tenham um desempenho positivo ao longo do tempo. Num primeiro momento, é necessária a existência de planos voltados para a informação de docentes, ao longo das diversas experiências do mundo que evidenciaram a mudança de paradigma educativo, se supõe que o mundo digital é apenas uma das principais travas para a implantação das TICs no setor.

Assim mesmo é necessário que os diferentes estabelecimentos educativos contem com conectividade para poder estimular de maneira mais eficiente o uso das novas tecnologias, particularmente para que se possa aproveitar as atualizações das diferentes matérias e melhorar a utilização das novas versões da aplicação. Outra necessidade, para que a aplicação tenha um uso eficaz é a possibilidade dos alunos e docentes terem acesso aos terminais preparados para essa tecnologia.

Neste caso, as contribuições do setor estatal se tornam muito importantes. A administração deve tomar nota da necessidade de conectividade em diferentes escolas. Para isso, a banda larga sem fio apresenta ótimas tecnologias como a LTE, que, devido às suas características, possibilita a conexão à estabelecimentos distantes dos grandes centros urbanos de forma simples e rápida, com alta velocidade de acesso.

A este respeito, é importante que uma maior quantidade de espectro de rádio seja disponibilizada para a indústria de serviços móveis. Também é importante que o espectro concedido esteja rapidamente disponível para uso, para que os operadoras possam aproveitar o investimento feito. Da mesma forma, é necessário que as autoridades definam uma agenda para futuras licitações de espectro, para que o setor de telecomunicações possa planejar o desenvolvimento de novas redes.

Por outro lado, é necessário que o país tenha regras flexíveis na implantação de redes de telecomunicações. Há uma necessidade de consistência nas demandas das operadoras para que possam implantar sua infraestrutura. A possibilidade de se instalar uma rede rapidamente também resultará em uma cobertura mais efetiva para escolas e outros estabelecimentos de ensino.

Além disso, é imperativo que as cargas tributárias sejam reduzidas. Principalmente as que recaem sobre os componentes da rede, uma vez que estes permitem à indústria uma implementação menos dispendiosa que resultará em um serviço mais acessível para a população. É necessário, principalmente, uma redução tributária sobre os dispositivos de acesso, pois foi observado que estes terminais são fundamentais para aplicações como a apresentada para obter sucesso em sua implementação, por isso é necessário que a maior parte possível da população possa acessar.

Como pode ser visto, o desenvolvimento do aplicativo que procura incorporar a realidade aumentada ao ensino pode ser um agente transformador positivo para a educação. No entanto, é essencial que essas iniciativas sejam acompanhadas de políticas que busquem aumentar a conectividade no mercado para que elas tenham uma evolução constante em favor dos alunos e professores.

0 comments on “Desenvolvimento de aplicativo de realidade aumentada para aulas na Argentina

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.