Cuba conta com um aplicativo móvel que informa sobre terremotos no Caribe.

Entre as possibilidades de uso das tecnologias de informação e comunicação (TIC) está a prevenção, informação e alerta sobre desastres naturais. A América Latina tem diferentes iniciativas que são realizadas para que os habitantes obtenham diferentes dados informativos sobre eventos catastróficos.

Nesse sentido, Cuba desenvolveu o aplicativo móvel (APK) para o Centro Nacional de Pesquisas Sismológicas (CENAIS) denominado Sismo Cuba. O aplicativo foi criado pelo Desoft Palma Soriano Center, que pertence à Computer Applications Company de Santiago de Cuba.

O aplicativo SismoCuba pode ser baixado do Portal do Cidadão daquele país. O portal contém ainda uma série de aplicações, como as do COVID-19, que permite o acesso aos últimos dados sobre a situação da epidemia na ilha naquele dia.

O novo aplicativo também pode ser baixado dos sites do CENAIS, entuMovil ou através deste link (SismoCuba Apk). Com o aplicativo SismoCuba, o usuário pode acessar rapidamente as informações dos eventos sismológicos registrados e obter todos os dados associados a eles. Além disso, apresenta diversas funcionalidades de interesse dos usuários: lista de terremotos, mapa, movimentos sísmicos identificados e relatórios desses abalos sísmicos.

Na lista de eventos catastróficos você pode encontrar os dados dos últimos 100 terremotos que podem ter ocorrido até 4 dias antes da data em que a pesquisa foi realizada. No mapa, o usuário visualiza os locais onde foi cadastrado e aponta o último evento em vermelho, clicando em qualquer um deles, os dados mais importantes podem ser encontrados.

Outra função do aplicativo é que os usuários podem relatar atividades sísmicas. Ou seja, antes de um terremoto as autoridades podem ser informadas através do aplicativo. O aplicativo permite ao usuário avaliar a intensidade do abalo e geolocalizar a área onde ocorreu. Para ter um melhor relatório, o aplicativo possui um manual do usuário que orienta como proceder.

Assim, o aplicativo desenvolvido em Cuba permite aos usuários conhecer o estado sismológico do Caribe. No entanto, para que o seu desempenho seja eficaz, é necessário promover o acesso aos serviços móveis no país. Quanto mais usuários com dispositivos móveis, mais o aplicativo receberá feedback de diferentes relatórios.

Para isso, é necessário fortalecer o mercado de serviços móveis. A abertura à concorrência costuma ser uma etapa necessária para aumentar o número de usuários no mercado. A presença de um novo operador irá aumentar a oferta e tornar o operador existente mais competitivo, melhorando os preços e serviços do mercado.

Além disso, haverá desenvolvimento mais rápido de novas redes de infraestrutura que permitirão aplicativos novos e mais sofisticados. O pleno desenvolvimento dos serviços LTE e, no futuro imediato, 5G, permitirá um aumento significativo na qualidade dos serviços de banda larga móvel.

Também é necessário reduzir os encargos tributários que existem sobre terminais de acesso e componentes de rede. A queda nas taxas desses produtos se traduz diretamente em menor custo para os fornecedores e equipamentos mais baratos para os usuários. Aumentando assim o número de usuários que acessam os dispositivos.

Em suma, a alternativa de um aplicativo que informa sobre terremotos é uma ferramenta positiva para a população cubana. No entanto, deve ser acompanhada por outras políticas que permitam um maior desenvolvimento dos serviços móveis para melhorar as suas funcionalidades.