Bahamas desenvolve iniciativa em educação TIC

Uma das diferentes estratégias realizadas pelas autoridades da América latina e do Caribe é a inclusão das Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) ao setor da educação. Sua implementação conta com diferentes graus de complexidade e investimento, ainda com o objetivo em comum de preparar as futuras gerações para os novos sistemas produtivos.

Neste sentido, em Bahamas diferentes estudantes de escolas públicas e privadas receberam certificados por ter completado a primeira etapa do programa TIC realizado. Esta iniciativa de formação de estudantes reforça o lapso de três verões, com estudantes de New Providence e Grande Bahama.

A partir do programa, diferentes estudantes do 10º grau tiveram a oportunidade de obter capacitação prática, créditos universitários e certificados internacionais no Instituto Técnico e Vocacional de Bahamas (BTVI). O objetivo da iniciativa é incentivar os participantes a participar das carreiras de engenharia de software, engenharia de redes e gestão de tecnologia da informação.

A capacitação do último verão foi um total de 300 horas durantes seis semanas, nela receberam aulas introdutórias para a segurança cibernética e Internet das Coisas (IoT). Além disso, receberam formação no que se refere às questões fundamentais de TI, aprofundaram conhecimento no desenvolvimento de apps, desenvolvimento de sites, linguagem em HTML, CSS e JavaScript.

Durante a segunda etapa, o programa permite aos estudantes reforçar seus conhecimentos online. Tratam-se de seções online, que são apoiadas por outras aulas presenciais uma vez na semana. Estas aulas serão realizadas durante 2019.

Assim, a partir desta iniciativa o governo local busca que a Grande Bahama se transforme em um centro tecnológico. Para este fim, este tipo de esforço de formação inicial é realizado, afim de tornar o mercado mais atraente, gerando então uma força de trabalho que se adapte às necessidades do mercado de trabalho atual.

As estratégias educativas que buscam preparar os estudantes frente aos novos desafios de trabalho são de grande importância para o desenvolvimento econômico de um mercado, assim como para sua inserção nos novos paradigmas produtivos. Neste sentido, a possibilidade de introduzir os estudantes às temáticas relacionadas com o mundo digital é uma alternativa válida para as autoridades de Bahamas.

No entanto, também é necessário que se trabalhe para melhorar a conectividade do mercado. A possibilidade de que um maior número de alunos esteja conectado aos serviços de banda larga, em especial móveis, é importante para que possam aprofundar seu aprendizado por fora do âmbito acadêmico.

Neste sentido é fundamental que as autoridades trabalhem em politicas que busquem aumentar a conectividade no mercado. Em particular tecnologias de banda larga móvel, como a LTE, LTE-A e no futuro a 5G, que permitem alcançar grandes coberturas de forma rápida e eficiente. Com acesso à banda larga de alta velocidade e robusta.

Para isto, é necessário que as autoridades desenvolvam estratégias que buscam aumentar a quantidade de espectro radioelétrico no mercado. Assim como também a confirmação de uma agenda que possibilite às operadoras conhecer as futuras licitações no mercado, para que assim possam planejar de maneira eficiente o desenvolvimento de novas tecnologias.

Neste sentido, também é necessário que exista flexibilidade nas demandas burocráticas que existem no momento de desenvolver redes de telecomunicações. Em particular, a existência de uma norma clara que permita às operadoras previsibilidade quanto a planejar seus investimentos.

Como pode-se observar, a iniciativa que busca formar os estudantes é importante na preparação do país para uma economia digital. No entanto, é também necessário que se mantenha o trabalho para incentivar a conectividade e o desenvolvimento de novas tecnologias no mercado.

0 comments on “Bahamas desenvolve iniciativa em educação TIC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.