Aumentam as opções de aplicativos móveis voltados para agricultura na Colômbia

As Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) avançam como ferramentas destinadas a aumentar a produtividade dos diferentes setores que compõem as economias dos países da América Latina. Com sistemas complexos para grandes empresas, até aplicativos simples para pequenos produtores, a tecnologia transforma-se em uma opção para potencializar os diferentes setores.

Dentro desses setores encontra-se o agropecuário, no qual as TIC oferecem possibilidades de melhorar a produtividade do plantio de sementes, até para pequenos agricultores familiares. Na Colômbia, o avanço da conectividade permitiu o desenvolvimento de diferentes aplicativos destinados a melhorar as condições produtivas deste setor.

Os aplicativos móveis confirmam um universo de funcionalidades para o setor agropecuário. Devido à suas condições permitem rápida chegada ao público e requer somente um smartphone para poder aproveitar seus benefícios. Ou seja, sua implementação não requer por parte dos usuários maiores dificuldades em termos de investimento ou na implementação da mesma.

Dentro deste universo de aplicativos sobressaem diferentes exemplos, entre eles, pode-se destacar o Control Ganadero Lite. Trata-se de um app que permite ao produtor manejar a informação e produção do gado em uma fazenda, e foi desenvolvido por consultores, veterinários, engenheiros e produtores de gado.

Isto funciona tanto para a produção de leite, engorda ou carne, e fornece a possibilidade de controlar a produção e otimizar o desempenho do campo. O app permite levar um “currículo” de cada animal para controlar variáveis como produção, peso, prole, dieta e vacina; a partir dessa informação geram relatórios que ajudam a otimizar a produção.

Existem outros apps voltados para a agricultura, um deles é o Agoptima, que permite ao produtor registrar seus cultivos por meio de um dispositivo móvel que transmite diretamente até seu computador. Desta forma, permite digitalizar os registros que, até o momento, eram anotados em papel para depois serem passados para uma planilha no computador. A ferramenta digital possibilita que o produtor desenhe mapas de sua propriedade, organize os calendários de semeadura, mantenha o registro dos funcionários, as colheitas, o uso dos maquinários e tarefas específicas.

Também no processo de produção, o app Yara International possibilita identificar os cultivos com pragas. A partir da utilização de uma pasta de suas próprias imagens, o app permite que o usuário diagnostique a falta de nutrientes, identifique os sintomas, as causas de algumas doenças e tratamentos. Pensada para ser utilizada no mesmo lugar das plantações, esta solução funciona também com baixo sinal dos serviços móveis.

Complementar à esta última solução, está o Vademéum itosanitarios 2017. Trata-se de uma aplicação que compila produtos fitossanitários, pesticidas e nutricionais e os disponibiliza ao produtor em um glossário. Assim, pode-se buscar por uso, nome da praga, marca comercial, tipo de cultivo ou por composição. Desta maneira, o agricultor pode eleger qual será o tratamento a ser realizado ante cada cultivo.

Do ponto de vista da comercialização, existe o app Comproagro. Que permite aos produtores oferecer seus bens no mercado sem intermediários. Em outras palavras, a plataforma emula um mercado de abastecimento onde os agricultores podem oferecer seus produtos de maneira simples. O funcionamento é simples e uma vez registrado, o usuário pode agregar ou buscar produtos e logo entrar em contato com quem os comercializa.

Tanto que o Agromall é uma plataforma que permite buscar e oferecer trabalho no setor. Os produtores devem registrar-se e especificar sua localização para logo publicar um anuncio que poderá ser visto por trabalhadores que utilizam o mesmo app. Da mesma forma, o buscador de emprego mostra a demanda de mão de obra que existe em determinadas áreas.

Assim, o mercado agropecuário da Colômbia conta com diferentes aplicativos que tendem a melhorar a produtividade e as oportunidades de emprego do setor. No entanto, para que tenham um impacto eficiente em sua implementação é necessário que seja acompanhado por políticas que busquem aumentar a conectividade junto à população por parte das autoridades.

Entre essas iniciativas administradas destaca-se o aumento de disponibilidade de espectro radioelétrico para serviços de banda larga móvel. Da mesma forma, a possibilidade de contar com um cronograma de entrega de espectro, que permita à indústria um melhor planejamento de seus investimentos potencializando dessa maneira as oportunidades para melhorar a cobertura de serviços do país.

Assim, além da entrega de espectro radioelétrico, faz-se necessário a redução das barreiras administrativas para a construção de redes de telecomunicações. Aumentar a facilidade de desenvolvimento de infraestrutura é uma opção necessária para melhorar o alcance dos serviços. Os dispositivos de acesso também devem ser considerados no momento de aumentar a conectividade no mercado, por isso é fundamental que se reduzam os impostos para este tipo de produto.

Como pode-se observar, o desenvolvimento de apps móveis dentro do setor agrícola da Colômbia é uma ferramenta necessária para melhorar as condições do setor. No entanto estas devem ser acompanhadas por conectividade para que tenham um uso eficiente.

0 comments on “Aumentam as opções de aplicativos móveis voltados para agricultura na Colômbia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.