As Telecomunicações à Serviço da Saúde

As telecomunicações e as tecnologias da Informação e das Comunicações (TIC) têm experimentado grandes avanços nas últimas décadas, e hoje ocupam um papel importante na vida das pessoas. Para o cuidado com a saúde, por exemplo, estas tecnologias têm muito a oferecer.Infografia telesalud pt

Nos últimos anos, tornou-se cada vez mais frequente ouvir a respeito de conceitos como telessaúde, eSaúde, telemedicina e mSaúde, entre outros. Da perspectiva de órgãos internacionais como da Organização Mundial da Saúde, estes conceitos se referem ao uso de forma eficiente, econômica e segura das TIC para oferecer apoio para a saúde e para os âmbitos relacionados a ela.

Entre estes conceitos, a telessaúde é considerada uma das principais inovações nos serviços sanitários, não apenas do ponto de vista tecnológico, mas também cultural e social, já que permite melhorar o acesso e o cuidado com a saúde, assim como também permite aprimorar a qualidade dos serviços e a eficiência organizacional, especialmente quando as distancias são um fator crítico.
Entre outros usos, a telessaúde pode ser empregada para que os profissionais da saúde intercambiem informações de diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças – por exemplo, para a realização de interconsultas – assim como também para a capacitação de profissionais em centro de atenção remotos de zonas rurais ou distantes dos grandes centros urbanos, entre outros.

Neste aspecto, as telecomunicações sem fio e móveis possuem um grande potencial a ser desenvolvido em benefício deste tipo de iniciativa. Por suas características técnicas, e pelo fato do desenvolvimento deste tipo de rede ser mais rápido e econômico que o da infraestrutura cabeada, torna-se uma excelente alternativa para oferecer acessos para complementar a atenção médica em áreas remotas ou de população dispersa.

Sendo assim, a massificação e ampla adoção dos telefones móveis inteligentes os converte em dispositivos ideais tanto para o intercâmbio de informações como para o uso de aplicativos e serviços relacionados à saúde.

Para poder aproveitar o potencial destas tecnologias, é importante que os governos nacionais e outras instancias de governo assumam um papel ativo, tanto na promoção de políticas públicas que impulsionem a inovação nestas áreas, como também incentivando o desenvolvimento e a melhora de redes e serviços de telecomunicações, propondo condições favoráveis para o seu desenvolvimento. (Baixe aqui)

0 comments on “As Telecomunicações à Serviço da Saúde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.