Aprendizagem online, uma oportunidade para a educação superior

A inclusão das Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) no âmbito da educação apresenta-se de maneira distinta nos variados níveis educativos. A possibilidade de combinar ensinamento e conectividade apresenta variações significativas, sendo a educação superior a mais avançada no tema em função dos MOOC (Cursos Online Abertos e Massivos).

Neste sentido, a Miríada X tem o propósito de incentivar o conhecimento aberto no cenário ibero-americano de Educação Superior. Tratam-se de cursos de conhecimento livres e gratuitos, que estão disponíveis em uma plataforma aberta sem restrições, condições, horários, custos e outros tipos de barreiras. A iniciativa conta com o respaldo da Telefónica Educación Digital, parte do Grupo Telefónica, que está especializada em oferecer soluções integrais de aprendizagem online; e a Universia, uma rede universitária da Iberoamérica.

Na Miríade X concentram-se 1.345 universidades da península ibérica e da América Latina. A plataforma possibilita a transmissão do conhecimento de maneira livre para fomentar o intercâmbio de experiencias dos que estão na rede. Nela são oferecidos cursos de diferentes temáticas, seja para estudantes iniciantes ou para os que buscam aprofundar o conhecimento.

Por outro lado, a plataforma está à disposição dos docentes da rede Universia para que desenvolvam cursos específicos. Tanto que os aluno que tiverem interesse em participar não precisam cumprir nenhum requisito, já que não é requerido um título de graduação. Tampouco é necessário o pagamento de cotas ou direitos de admissão. Desta maneira, cumprem-se as principais características dos MOOC, já que o que essencial é que o aluno conte com uma conexão com a Internet.

A plataforma apresenta mais de 3 milhões de alunos ao longo do mundo que assistem os cursos desenvolvidos por mais de 2.300 professores que pertencem a cerca de 95 faculdades. No total, desenvolvem-se 580 cursos das mais variadas temáticas, que compõem mais de 12 mil horas de aprendizagem.

Entre outras iniciativas, a Miríada X colabora com outras pesquisas, com o objetivo de ampliar o modelo de formação baseado na aprendizagem social e colaborativo. Desta forma, incentiva-se o uso livre de recursos educativos e busca-se ressaltar o valor desta atividade para a sociedade. Neste sentido, busca potenciar o desenvolvimento do MOOC à disposição da população.

Os cursos que oferecem a plataforma contam com um desenho, qualidade e rigor similar aos oferecidos de maneira presencial. Cada um deles possui atividades obrigatórias e optativas, que são definidas pelos docentes. É necessário que cada aluno cumpra 75% das atividades obrigatórias.

Os alunos têm sempre à disposição o conteúdo do curso para sua consulta. Mesmo que durante as avaliações existe um limite de consultas. Também é comum que se apele para a avaliação entre pares, ou seja que cada aluno tenha que avaliar seus companheiros. Desta forma incentiva-se a colaboração e o companheirismo, assim como também a honestidade de cada um dos estudantes para com seus companheiros.

A plataforma conta também com diferentes ferramentas de socialização e compartilhamento da informação, o que permite gerar uma comunidade de milhares de alunos que participam de maneira diárias. Então é muito importante que exista uma constante a respeito dos participantes com as regras que regem a plataforma.

É importante considerar que para que este tipo de iniciativa tenha uma boa repercussão, é necessário que existam bons índices de conectividade na região. Ou seja, todas as oportunidades que a plataforma apresenta para os alunos caem no esmo se estas não contarem com uma conectividade adequada. Por isso, é importante que os diferentes governos da região potencializem o acesso à banda larga para poder beneficiar os potenciais alunos.

Assim, a banda larga sem fio apresenta-se como uma oportunidade para alcançar coberturas por fora dos grandes centros urbanos e nas zonas rurais. Por isso, tecnologias como a LTE permitem acessar a plataforma com velocidades altas. No entanto, é preciso que existam incentivos por parte das administrações para o desenvolvimento das novas tecnologias de acesso, entre os quais se sobressai a disponibilidade de espectro radioelétrico.

Da mesma forma, é importante que se reduzam as travas burocráticas no momento de desenvolver novas redes. Maiores facilidades no desenvolvimento de infraestrutura se traduzem não somente em um acesso mais rápido para a população, mas também em menores custos para a indústria que repercute em melhores condições para os usuários.

A iniciativa realizada pela Telefónica e Universia é de grande valia para o desenvolvimento da educação superior. A possibilidade da maioria da população acessar de maneira gratuita cursos de alto nível é uma vantagem fundamental para um mercado que busca desenvolver-se em um mundo que avança até novos padrões produtivos, no entanto é importante que as administrações compreendam que a conectividade é essencial para mudar este tipo de meta.

0 comments on “Aprendizagem online, uma oportunidade para a educação superior

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.