Aplicativo de Telessaúde está entre os mais bem-sucedidos da Colômbia

Entre as opções apresentadas pelos serviços de Telessaúde, está o desenvolvimento de aplicativos móveis. Eles são uma grande oportunidade de levar aos habitantes facilidades que contribuem para melhorar suas condições de vida de maneira simples, complementando assim outras iniciativas de caráter públicas, como são os casos dos programas nacionais de saúde.

Entre as opções, destaca-se a Colômbia o “1doc3”, aplicativo voltado para a Telessaúde que permite aos usuários encontrar um médico que responde às dúvidas e perguntas de saúde em qualquer momento e de maneira anônima. Desenvolvido inicialmente pela Wayra, a aceleradora de startups da Telefónica, o app já está disponível para Android e iOS para download gratuito.

Este aplicativo oferece orientações médicas para cada uma das questões, mas não substitui as consultas médicas. Ou seja, o aplicativo funciona para resolver dúvidas pontuais, no entanto não substitui uma consulta médica com um especialista.

Cada pergunta respondida é armazenada pelo aplicativo na base de dados para consultas futuras. Assim, o 1Doc3 funciona também como se fosse um depósito de temas relacionados à saúde. Então o app decide de maneira automática as primeiras respostas ante perguntas similares à de algum usuário, enquanto que também conta com a possibilidade de solicitar respostas personalizadas no caso das existentes não resolverem as questões.

Do ponto de vista dos médicos, o app lhes possibilita construir um perfil digital e lhes proporciona acesso à potenciais pacientes. Os doutores que participam do 1Doc3 são, em sua maioria, colombianos, polacos, canadenses, peruanos e venezuelanos. A maior parte dos usuários da plataforma originam-se da Colômbia, México e Venezuela.

O 1Doc3 atende consultas gerais e particulares, para estas últimas existem mais de 36 especialidades diferentes. Entre as especialidades, destacam-se cardiologia, gastrenterologia, endocrinologia, hematologia, infectologia, pneumologia, neurologia, nutrição, odontologia, pediatria, proctologia, dermatologia, ginecologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, urologia, sexologia, fertilidade e genética.

Os aplicativos destinados à saúde são de grande importância para influenciar as políticas nacionais de Telessaúde. Em particular, porque permitem uma velocidade massificada e confirmam uma importante ajuda no que se refere à medicina preventiva, já que somam acessibilidade para uma grande parte da população e requer ao cidadão um mínimo esforço. No entanto, deve ficar claro que se trata de um primeiro passo e que sua utilização não substitui a visita ao médico ou a realização de exames.

No entanto, para que sua implementação tenha uma boa aceitação entre os cidadãos, é necessário que exista uma estratégia TIC a nível nacional que busque aumentar a conectividade. Especialmente que esteja focada no potencial do setor privado em sua oferta de serviços ao longo de todo o país, neste sentido a disponibilidade de espectro radioelétrico para serviços de banda larga móvel é uma estratégia primordial se quiser aumentar a disponibilidade deste tipo de serviço.

Neste sentido, é importante que as autoridades facilitem o desenvolvimento das redes de telecomunicações, particularmente as móveis. A redução de burocracia ao instalar novas antenas de serviços móveis é uma medida necessária para melhorar os níveis de crescimento do setor.

Da mesma forma, é importante que exista acessibilidade nos dispositivos móveis, particularmente nos smartphones que atualmente contam com a possibilidade de realizar operações mais complexas. Principalmente porque confirmam o principal meio de acesso dos cidadãos, devido a sua capacidade de serem massivos e pessoais.

A possibilidade de contar com conexões robustas que possibilitem altas velocidades de acesso, como por exemplo a LTE, permitem também uma maior adoção deste tipo de aplicativo. Uma tecnologia que melhore o acesso gerará melhores experiências aos usuários, melhorando dessa maneira sua aceitação e uso cotidiano.

De todas as formas, o feito do Ministerio de Tecnologías de la Información y las Comunicaciones (MinTIC) ao apoiar o desenvolvimento deste tipo de aplicativo é um ponto importante a destacar. A geração destes aplicativos, como explicou-se, confirma um importante reforço às estratégias nacionais de Telessaúde. Neste sentido, destaca-se o 1Doc3 como um dos 15 aplicativos mais importante da iniciativa Apps.co, com a qual se fomenta desenvolvimento e empreendimento em torno da Economia Digital.

O desenvolvimento de uma economia digital tende a criar aplicativos móveis para melhorar a qualidade de vida dos habitantes, que é outro dos pontos importantes a destacar. Em particular, porque além de gerar riquezas no país, gera empregos para os seus habitantes e estimula a concorrência dentro do mercado digital. A tempo, também possibilita a geração de diferentes conteúdos produzidos no próprio mercado.

Em resumo, o app móvel 1Doc3 é uma grande oportunidade para fortalecer a Telessaúde na Colômbia. Além disso, o suporte para este tipo de iniciativa é muito importante para enraizá-lo no mercado. No entanto, deve ser apoiada por políticas voltadas para o desenvolvimento de redes de banda larga móvel no país, das quais incluem a entrega de espectro, as facilidades na implantação das redes de telecomunicações e a acessibilidade dos smartphones.

0 comments on “Aplicativo de Telessaúde está entre os mais bem-sucedidos da Colômbia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.