A chegada da 5G se aproxima cada vez mais conforme o MWC 2017

Os inúmeros encontros como o Mobile World Congress (MWC) destinam-se a marcar tendências da indústria. Entre as iniciativas, durante a edição de 2017, destacaram-se aquelas relacionadas com a nova geração de serviços móveis, a 5G; tecnologias fundamentais para o desenvolvimento de outros avanços inovadores na indústria.

A feira mais importante das telecomunicações móveis teve um recorde de presentes em sua última edição, com mais de 101 mil visitantes, superando a quantidade de visitantes de 2016. Ainda assim, a convocação alcançou um total de 2.100 empresas e 3.600 jornalistas e analistas especializados em telecomunicações.

Ao contar com os olhos da indústria depositados no congresso, as diferentes empresas aproveitaram para apresentar suas novidades.  Desde questões voltadas diretamente para os usuários, como novos modelos de smartphones e diferentes dispositivos de acesso, até inovações mais complexas que tem como objetivo melhorar a conectividade e as condições de vida dos usuários.

Em meio aos anúncios, os testes realizados com a 5G chamaram a atenção. Enquanto que a data oficial para o desenvolvimento da tecnologia 5G é o ano de 2020, as demonstrações sobre as possibilidades que a tecnologia irá oferecer estão sendo testadas nos laboratórios de pesquisa e desenvolvimento das principais operadoras e fabricantes do mundo. Mesmo que a tecnologia ainda não esteja em processo de padronização, foram realizados na feira diferentes experiencias que tiveram como objetivo demonstrar os benefícios que podem ser gerados com a tecnologia para a sociedade.

A maior velocidade de acesso e a menor latência possibilitará à 5G aumentar a quantidade de dispositivos conectados por meio da Internet das Coisas (IoT). A combinação de ambas as tecnologias é necessária para alcançar a conectividade de diferentes dispositivos, gerando dessa maneira diversas características de automação destinadas a melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Entre os setores da feira com maior preponderância, além das telecomunicações, destaca-se o automotivo. A apresentação de protótipos que fornecem autonomia de manejo esteve na vanguarda, também foram apresentados progressos terrestres como a inclusão de diferentes funcionalidades associadas à conectividade. No caso das primeiras experiencias, a 5G apresenta-se como uma alternativa fundamental para poder coordenar o funcionamento de veículos que não necessitam de condutores. Particularmente, por sua maior velocidade de transmissão de dados e menor latência.

Outro dos temas que tiveram relevância no MWC 2017 foram as cidades inteligentes. As possibilidades em contar com maior sustentabilidade, são algumas das melhoras que se começaram a alcançar com o desenvolvimento da IoT por meio da conectividade de diferentes dispositivos e mobiliário urbano ao longo das cidades. No entanto, para que estas possam ser otimizadas, é fundamental que existam maiores velocidades de conexão e a possibilidade de enviar uma maior quantidade de dados, situação que poderá ser alcançada de melhor maneira com a 5G.

Nestes cenários, embora ainda falte alguns anos para que se conheçam todas as possibilidades que a 5G contará, é importante começar a considerar as possibilidades que a tecnologia oferece para o futuro. Os diferentes atores da região devem considerar estas tendências para sua aplicação em benefícios dos habitantes da América Latina, potencializando assim as oportunidades que produzem as mudanças tecnológicas.

A maior velocidade, menor latência, maior capacidade de transmissão de dados que oferece a 5G deve ser analisada cuidadosamente no momento de considerar sua implementação em diferentes setores verticais com a finalidade de melhorar o desenvolvimento dos países da região. É importante também que as administrações governamentais comecem a ver estas oportunidades e passem desde agora a gerar melhores condições para o desenvolvimento do setor das Telecomunicações. Assim como também que exista um trabalho conjunto entre os setores públicos e privados para potencializar estas oportunidades.

Neste sentido, além da necessidade de aumentar a quantidade de espectro radioelétrico destinado a serviços de banda larga móvel, é importante que os governos da América Latina considerem uma harmonização de espectro radioelétrico para a nova geração de tecnologia móvel. Ou seja, é necessária uma coordenação das bandas largas de espectro regionalmente para poder aproveitar de maneira mais eficiente a nova tecnologia.

A chegada da 5G abre uma grande quantidade de oportunidades para avançar na utilização das TIC para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos. Sua implementação pode potencializar a conectividade oferecendo maiores oportunidades para que outros setores desenvolvam tecnologias mais complexas que melhorem sua produtividade. Além de oferecer aos governos a oportunidade de melhorar sua saúde, educação e proximidade com os cidadãos, aproveitando as condições da nova tecnologia.

0 comments on “A chegada da 5G se aproxima cada vez mais conforme o MWC 2017

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.