A Argentina continua seu plano de conectividade interna

A entrada de um país na economia digital global exige esforços distintos por parte das autoridades dos países latino-americanos. Nesse sentido, a busca por atingir áreas rurais ou menos populosas com acesso à banda larga torna-se um objetivo de múltiplos governos.

Nesse sentido, na Argentina, a Entidade Nacional de Comunicações (ENACOM) e o Governo Provincial de La Pampa realizaram uma série de iniciativas que incluem ajuda com investimentos, entrega de dispositivos e assinatura de acordos para aumentar o acesso à banda larga naquela região do país.

Entre as iniciativas está a entrega de uma nova Contribuição Não Reembolsável (ANR) para a estatal dos pampas Empatel Sapem para implantar fibra ótica e levar conectividade a 11 localidades, o que beneficiará 6.250 habitantes. Além disso, foi antecipada a chegada do 4G em Pichi Huinca, foram assinados acordos para quatro obras que estão fornecendo conectividade para 35 localidades e foram entregues 4 mil tablets do Programa “Conectando con Vos” (Se conectando contigo).

A província de Pampa possui mais de 2 mil km de fibra própria que se conecta à rede ARSAT. Das oitenta localidades que existem na província, não há nenhuma que não tenha acesso à Internet. O governo provincial trabalha desde 2006 para atingir este objetivo, razão pela qual também trabalhou a partir das empresas que fazem parte da administração estadual.

Desta forma, a EMPATEL SAPEM – empresa de maioria estadual que recebeu sua licença Argentina Digital – planeja conectar 11 localidades habitadas por 6.250 pessoas sem acesso residencial à Internet. Este trabalho também vai conectar estabelecimentos de educação, saúde e segurança na área.

A instalação de uma antena 4G em Pichi Huinca também foi acordada. Este é um dos municípios que ficaram de fora da obrigatoriedade de implantação pelas empresas prestadoras e que, desta forma, terão garantido o seu acesso à Internet móvel.

A entrega de 4 mil tablets do Programa “Conectando con Vos”. Esta iniciativa visa promover o acesso a equipamentos que facilitem a inserção e o desenvolvimento social das TICs para promover a participação e integração de setores em situação de maior vulnerabilidade social e econômica, e fortalecer as atividades laborais, educacionais e culturais.

Também foram assinados acordos com a empresa Aguas del Colorado SAPEM, a Cooperativa de Servicios y Obras Públicas de General San Martín e a Cooperativa de Agua Potable y Otros Servicios Públicos de Doblas Ltda., a partir das quais serão realizadas obras para a implantação de banda larga em 35 localidades da província, o que permitirá o acesso a 61.660 habitantes.

Estas iniciativas são fundamentais para que as áreas que carecem de serviços de banda larga possam contar com uma oferta que as aproxime do mundo digital. No entanto, é necessário que as autoridades argentinas também trabalhem para estimular o desenvolvimento de redes de serviços de banda larga móvel LTE e 5G, que possibilitam o desenvolvimento da indústria digital e impulsionam a economia local.

É importante que sejam implementadas políticas que levem ao aumento do acesso ao espectro radioelétrico para as operadoras de telecomunicações. Assim como a geração de uma agenda de futuros leilões de espectro que permitam o planejamento adequado das redes de banda larga móvel. No mesmo sentido, é importante gerar estratégias políticas que diminuam a burocracia existente na implantação desse tipo de rede.

As iniciativas que buscam aumentar o acesso à banda larga na província de La Pampa tornam-se essenciais para que a Argentina avance na digitalização de sua economia. No entanto, deve haver um estímulo das autoridades para avançar também no desenvolvimento da banda larga móvel.