A incorporação de diferentes tecnologias para a implementação da Tele-Educação é um esforço frequentemente utilizado pelos governos da América Latina. Dessa forma, o progresso alcançado pela inovação educacional engloba ações que vão desde o fornecimento de conectividade e dispositivos para a escola até à implantação de aplicativos móveis.

Entre essas iniciativas está a do Ministerio de Educación (MINED) de El Salvador. O corpo diretivo do setor realizou um teste piloto do aplicativo móvel do Sistema de Información para la Gestión Educativa Salvadoreña (SIGES) com os docentes. O aplicativo tem como objetivo fornecer acesso rápido e instantâneo aos diferentes recursos que o SIGES oferece, através de dispositivos móveis.

Entre outros recursos, o aplicativo permite o acesso a: Alertas Antecipados, que permitem detectar o risco potencial de abandono escolar; Minhas seções, que mostra a lista de aulas às quais o docente está elencado; Assistência, o professor pode prestar assistência aos seus alunos através do App; e modo offline, que permite a assistência sem acesso à internet e, após acessar o aplicativo, e posteriormente se conectar à internet, o mesmo sincroniza automaticamente com o SIGES sem perda de informações.

O teste foi realizado no Complejo Educativo Concha Viuda de Escalón, em São Salvador. Os professores puderam, em primeira mão, testar o aplicativo móvel e receber uma completa explicação de cada uma de suas funcionalidades. Tornando assim mais prática sua adoção.

O Ministério continuará realizando testes em outros centros educacionais que fazem parte dos Sistemas Integrados de FOMILENIO II com o intuito de, mais tarde, implementá-los em todo o país paulatinamente. Esta implementação visa cumprir outro objetivo: reduzir o uso de papel para contribuir no cuidado com o meio ambiente.

A iniciativa apresentada pelo aplicativo móvel, se transforma, dessa maneira, em uma ferramenta para o corpo docente, trazendo benefícios como facilitar a organização de tarefas diárias em seus próprios celulares, o que, por sua vez, permite às autoridades obter um sucesso maior na adoção dessa solução.

Porém, para que esse aplicativo seja mais bem-sucedido, ele precisa vir acompanhado por outras estratégias nacionais que busquem aumentar a conectividade no mercado. Especialmente os que tangem serviços de banda larga móvel que, além de serem a opção de conectividade natural para smartphones, tornam-se uma opção acessível e rápida para fornecer conectividade ao mercado.

Nesse cenário, tecnologias como a LTE e, no futuro a 5G, são apresentadas como uma alternativa positiva, graças à possibilidade de fornecer conectividade robusta com altas velocidades de acesso. Em outras palavras, a conectividade de banda larga móvel por meio dessa tecnologia permite alcançar uma cobertura mais extensa para fornecer conectividade eficiente.

Nesse sentido, são importantes os esforços das autoridades de El Salvador em alocar mais faixas de espectro para serviços móveis. Na mesma direção, é necessário que as autoridades disponibilizem às operadoras uma agenda com propostas futuras de licitação de espectro aumentando assim a previsibilidade no setor para alocar investimentos em novas redes.

Da mesma forma, como é um aplicativo acessado por meio de smartphones, é necessário reduzir a carga tributária desses dispositivos. Disponibilizar aparelhos mais acessíveis é uma estratégia importante para que mais professores possam ter acesso a eles e, dessa forma, potencializar a adoção do aplicativo.

Como pode ser constatado, o aplicativo desenvolvido pelo Ministerio de Educación de El Salvador pode ser uma ferramenta que será utilizada para facilitar o ensino. Embora, para que esses objetivos se tornem realidade, é necessário que venham acompanhadas de uma estratégia que busque aumentar a conectividade no mercado.