Os serviços móveis apresentam distintas oportunidades para que os habitantes de um país possam melhorar suas condições de vida. A implementação de novas tecnologias possibilita que diferentes setores aproveitem estas ferramentas para potencializar sua produtividade. No entanto, questões básicas como a comunicação, utilizadas de maneira inteligente, pode ser uma ferramenta importante para as autoridades.

Neste sentido, as autoridades da Venezuela incentivam a população a gerar uma série de grupos de WhatsApp com a finalidade de estar informados ante a crise energética do país. O objetivo do governo é que as populações estejam alertas sobre os diferentes avanços realizados pelo Sistema Elétrico Nacional (SEN).

A ideia das autoridades do poder executivo a nível nacional é incluir redes comunitárias para que os habitantes mantenham comunicação sobre os cortes e falhas do sistema elétrico. Neste sentido, também incentivará os governadores e prefeitos a realizar grupos para que a população destes territórios busquem evitar que se desvirtue a informação e se reduzam os focos de violência que assola o país.

Outro ponto que procuram informar as autoridades por meio da criação destes grupos é a disponibilidade e distribuição de água potável ao longo do país. Assim, os grupos funcionam como uma alternativa para que as populações possam melhorar seu acesso à água e estar bem informados sobre futuros cortes de energia.

O exemplo venezuelano mostra a utilização de novas tecnologias como ferramentas importantes para melhorar as oportunidades de informação para a população sobre as condições do sistema elétrico e as possibilidades de conseguir água. No entanto, é necessário ressaltar que se trata de uma medida paliativa que é de caráter transitório. Em outras palavras, embora se trate do uso eficiente e inteligente do aplicativo, é necessário que as autoridades atendam os problemas principais.

O aproveitamento das TIC deve estar alavancado com a infraestrutura de outros setores para que seja eficiente. Neste sentido, é essencial que os serviços de estradas, eletricidade e água potável tenham uma posição avançada para que a população possa usufruir do desenvolvimento efetivo das novas tecnologias.

Da mesma forma, para que os grupos pensados pelo poder executivo possam se comunicar de forma eficiente, é necessário que existam redes de telecomunicações aptas para o acesso. Também é importante que a população tenha dispositivos que permitam utilizar este tipo de aplicações, para que desta forma possam ter comunicação. Ou seja, embora a iniciativa seja interessante, para ter sucesso é necessário que esteja acompanhada tanto por infraestrutura analógica, como digital.

Do ponto de vista analógico, como foi explicado, é importante que as autoridades implantem estradas, infraestrutura elétrica e água potável. E do ponto de vista digital, é necessário que se desenvolvam estratégias a nível nacional que potencializem a conectividade e melhorem o acesso dos cidadãos, não apenas para potencializar estratégias de comunicação, mas também as condições produtivas dos diferentes setores do país.

Neste sentido, a incorporação de tecnologias como a LTE, ou a 5G em breve irão possibilitar que a Venezuela melhore suas condições produtivas. Para que suas populações se beneficiem a partir dos diferentes setores que poderão potencializar implementações deste tipo.

Uma das políticas que deveriam ser implantadas pelas autoridades venezuelanas é a disponibilidade de espectro radioelétrico para serviços de telecomunicações, em particular para a banda larga móvel. É importante também que existam regras claras entre os distintos concorrentes do mercado no momento de alocar este bem finito. Por sua vez, é necessário que se desenvolva uma agenda das futuras licitações de espectro para que as operadoras tenham previsibilidade sobre seus próprios investimentos.

Também é necessário que se reduzam os obstáculos burocráticos que pesam sobre a construção de redes de telecomunicações. A unificação das demandas por permissões e habilitações que existe em cada um dos municípios é importante para que as operadoras possam desenvolver de forma adequada suas estratégias de desenvolvimento de novas tecnologias.

Também é importante que se retirem as barreiras fiscais existentes no mercado. No caso das que pesam sobre os componentes de rede, sua redução possibilitará que existam maiores coberturas no mercado, já que diminui essa implantação para as operadoras. Enquanto um baixo imposto sobre os dispositivos de acesso permite que mais pessoas acessem a tecnologia.

Iniciativas deste tipo são importantes para que o mercado possa avançar até um novo ambiente produtivo mundial baseado na digitalização. Embora seja também necessário que a Venezuela normalize suas condições analógicas, é também importante que melhore as condições de digitalização do país para não ficar esquecido no reparo das nações.