As administrações dos diferentes países da América Latina realizam constantes esforços para aumentar a presença das Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) nos âmbitos da educação. Este trabalho evidencia a entrega de equipamentos para os diferentes colégios, até levar conectividade ou desenvolver conteúdo exclusivo para este setor.

Neste sentido, o Ministério da Educação de El Salvador entregou computadores no Centro Escolar Caserío El Cerrón, que pertenciam a Cantón de San Cristóbal, município de El Porvenir, no departamento de Santa Ana. Neste estabelecimento participam mais de 480 estudantes e 17 docentes.

Além de realizar melhorias em prédios, o ministério entregou um lote de 24 computadores assim que o programa obteve alcance nacional Una Niña, Un Niño, Una Computadora. Como parte deste programa as autoridades de El Salvador já entregaram mais de 100 mil equipamentos.

O programa visa garantir que os alunos que frequentam escolas públicas, sejam rurais ou urbanas, tenham uma abordagem científica e tecnológica. Também procura equalizar esse acesso em todo o país, independentemente da área geográfica. Esta iniciativa faz parte dos eixos estratégicos do  Plan Quinquenal de Desarrollo 2014-2019. El Salvador productivo, educado y seguro, que tem equidade social e educação como pontos centrais.

O progresso no centro escolar Caserío el Cerrón faz parte da busca por reduzir as exclusões digitais e avançar nas oportunidades de acesso no uso intensivo das TIC. A entrega de computadores é uma primeira abordagem para os objetivos do plano, que também inclui o fornecimento de dispositivos para professores.

Além de beneficiar os alunos, o fornecimento de computadores também visa melhorar a qualidade de vida de toda a comunidade educativa. Particularmente porque seu uso pode ser estendido a toda a comunidade, desenvolvendo um ambiente de aprendizado que aprimora as habilidades de TIC e as oportunidades de trabalho.

A possibilidade de aumentar o acesso às TICs em nível educacional e social é fundamental para os habitantes da área. Principalmente em face da nova economia digital em nível global, onde as capacidades tecnológicas que os habitantes podem adquirir são necessárias para impulsionar a economia e o desenvolvimento dos países.

Neste contexto, a formação de jovens dentro de um quadro de novas tecnologias é essencial para prepará-los para novos desafios de emprego. O novo ambiente global oferece a mercados como El Salvador a chance de aproveitar suas novas condições e, assim, abrir novas oportunidades para o desenvolvimento do país.

A possibilidade de os alunos acessarem computadores e dispositivos tecnológicos é importante para o desenvolvimento do país, porém deve ser acompanhada de estratégias que busquem aumentar a conectividade no mercado. Tecnologias como a LTE e, no futuro próximo, 5G, permitirão a conectividade de escolas longe das áreas urbanas. A opção de estar conectado permite que professores e alunos acessem conteúdo educacional online que pode ser atualizado de maneira rápida e eficiente.

Assim, para garantir a conectividade das escolas localizadas em áreas rurais, a banda larga móvel, devido às suas condições particulares, é transformada em uma ferramenta eficiente. Mas é necessário que as autoridades implantem oportunidades para o desenvolvimento de tecnologias como LTE e 5G. Em particular, através de uma maior quantidade de espectro de rádio disponível para a implantação de banda larga móvel e sem fio.

Para reforçar esta estratégia, é também importante que as autoridades gerem uma agenda para futuras propostas de espectro. Em particular porque, desta forma, há alguma previsibilidade na indústria para a implantação de redes. Esta última política pode ser melhorada reduzindo os obstáculos burocráticos que existem para o estabelecimento de redes de telecomunicações. É importante que as autoridades dos diferentes níveis do Estado tenham coerência nas demandas aos operadores pelo desenvolvimento de uma nova rede de serviços.

Por outro lado, para um maior número de habitantes ter acesso às redes, é necessário que existam terminais acessíveis. As políticas que visam reduzir a carga tributária que pesa sobre os itens de TIC são necessárias para atingir este tipo de objetivos, pois permitem a redução do preço dos terminais e aumentam as possibilidades de um maior número de cidadãos acessar a tecnologia.

Em resumo, a estratégia implantada pelo governo de El Salvador é interessante, pois abre a possibilidade de preparar os alunos para um novo cenário de trabalho focado na tecnologia. No entanto, é necessário que as autoridades do país criem as condições necessárias para incentivar a indústria a realizar investimentos para melhorar a conectividade do mercado.