O município de São Paulo colocou em andamento um projeto piloto que tem como objetivo digitalizar as paradas dos ônibus, o que possibilita que os usuários se conectem por parada e conheçam o itinerário das linhas do transporte público. Até o final de outubro, 46 estações de ônibus estavam conectadas.

O projeto é de suma importância para o sistema de transporte público da cidade, melhorando as condições de vida dos habitantes.

Aos benefícios, soma-se a possibilidade dos habitantes poderem se conectar em redes WiFi. Cabe ressaltar que as operadoras deste mercado analisam a possibilidade de implantar nestas estações pequenas antenas, conhecidas como small cells, para reforçar a cobertura em pontos de grande concentração de pessoas.

O projeto piloto com os ônibus inteligentes começou em março de 2015 na capital paulista. Cada parada conectada informa o itinerário das linhas do transporte público, o tempo de chegada de cada um dos ônibus, além de contar com conexão WiFi gratuita.

O sucesso deste projeto poderá significar sua implementação em outras localidades do Brasil, por exemplo, o município do Rio de Janeiro tem mostrado interesse na iniciativa. A solução faz parte de um projeto mais amplo, de cidades inteligentes.

Neste contexto, obviamente cobra maior importância a disponibilidade de smartphones e conectividade por parte dos usuários. Principalmente, para poder conectar-se à informação disponível de cada parada. Cabe ressaltar que, de acordo com os dados da Teleco reproduzidos pela 4G Americas, o mercado móvel do Brasil contava em 2014 com 182 milhões de dispositivos móveis com acesso à 3G e 13,1 milhões com acesso à 4G.