A 5G Americas participou do painel 5G, quando, onde e para quê, durante a Convergência Show 2019, na Cidade do México, veja os principais tópicos.

Os requisitos técnicos das próximas redes 5G irão permitir o desenvolvimento da Internet das Coisas (IoT) massiva no México. Isto implicará uma mudança de paradigma nas telecomunicações no país e na América Latina por uma orientação mais forçada para os usuários industriais e comunicações entre máquinas, explicou Jose Otero, vice-presidente da 5G Americas para América Latina e para o Caribe, durante sua apresentação no Convergência Show 2019.

Otero participou como orador no painel “5G quando, onde e para quê?” Juntamente com o comissário do Instituto Federal de Telecomunicações, Mario Fromow Rangel. O vice-presidente de Assuntos Regulatórios e Relações Institucionais da Telefónica México, Miguel Calderón Lelo de Larrea e o Presidente do Instituto de Direito das Telecomunicações, Gerardo Soria Gutiérrez.

“O principal mercado em potencial que estão vivendo as operadoras e fabricantes de todo o ecossistema de telecomunicações é o setor industrial. Quando estamos falando em 5G temos que pensar em Internet das Coisas”, opinou Otero durante sua participação no painel.

O desenvolvimento da 5G requer esforços transversais na regulação da indústria para permitir acesso para mais espectro radioelétrico e eliminar as questões que atualmente impedem a instalação ágil da infraestrutura no município.

“Vamos passar a falar de cem ou mil antenas para milhares e centenas de milhares de antenas, porquê afinal de contas, o que busca a 5G é viabilizar a Internet das Coisas”, comentou Otero.

A regulação é uma das variáveis que pode influenciar nas datas de desenvolvimento da 5G no México e mais mercados da América Latina, no entanto também são importantes os níveis de maturidade dos mercados e a disponibilidade de equipamentos terminais 5G. Desta forma, a chegada da 5G dependerá de uma combinação de condições regulatórias favoráveis e os planos de negócio das operadoras em seus respectivos mercados.